Hospício #3 – Ele está voltando

Peça importante no novo esquema do Corinthians, Elias vem reencontrando sua melhor forma e cria diversas expectativas em nós torcedores. Os mesmos torcedores que os encheram de criticas na última temporada, onde o meia rendeu muito abaixo do esperado, e se mantinha no time titular muito pelo nome e pela confiança do técnico Mano Menezes, agora enchem a boca para elogiar o jogador. Mas para nossa sorte, Tite vem reinventando Elias, e o que parecia ser mais uma de nossas contratações caras e erradas, agora aparenta ser nossa principal válvula de escape para a temporada.
hospício
O volante que em sua primeira passagem pelo timão se caracterizou por chegar bem a frente, com Mano parecia preso, e perdia sua principal virtude. No atual 4-1-4-1 corinthiano, ele é o cara da variação tática, ora atua praticamente ao lado de Ralf para ajudar na contenção, ora se junta a linha da frente como quarto homem de criação e chegada. Chegada essa que em três jogos lá lhe rendeu dois gols, exatamente a metade dos gols marcados na temporada passada em 29 partidas. Nota-se a diferença.
A parte física também colabora para essa evolução. Com toda a pré-temporada devidamente realizada no clube com o restante do elenco, Elias parece mais inteiro do que no ano passado, quando nas últimas partidas da temporada ainda aparentava cansaço e despreparo físico.
Até aqui, Elias não só lembra o futebol apresentado na sua excelente passagem pelo clube, como faz o torcedor lembrar de Paulinho, que não só na Libertadores mas em toda sua passagem no comando de Tite foi a válvula de escape e principal jogador do meio campo alvinegro. Elias não tem o poder que o jogador do Tottenham tinha no jogo aéreo, mas com a bola no pé é mais técnico que o ex-camisa 8 do timão. Certo é que no ínicio dessa temporada, Elias foi de “reserva merecido do Bruno Henrique” a peça chave no esquema da equipe. Talvez durante todo o ano, ele funcione como termomêtro corinthiano.
Todos sabem da qualidade do volante. Qualidade essa que já o levou a seleção, e que em rodas de discussão sempre o coloca como um dos melhores da posição no país. Tite sabe disso, e vem explorando ao máximo a qualidade e vitalidade do jogador para qualificar a equipe e faz o esquema funcionar. Vem dando certo, e espero que continue assim até o fim da temporada, e assim como na primeira passagem de Elias, culmine em títulos para o timão.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: