As mulheres e o esporte #3 – Nadia Comaneci

Texto: Evelyn Menezes

No post de hoje iremos falar da ginasta romena Nadia Comaneci.

  • Nome: Nadia Elena Comaneci;
  • Nascimento: 12 de Novembro de 1961 (Onesti – Bacau);
  • Nacionalidade: Romena;
  • Esporte: Ginástica Artística.

A romena começou no esporte aos seis anos quando foi descoberta pelo técnico Bela Károlyi enquanto brincava no pátio da escola em que estudava. Os treinos começaram e Nadia logo se destacou por sua dedicação, seu treinador costumava dizer que ela era a “pupila perfeita” e executava os movimentos com perfeição sem ter medo de se machucar.

Em 1976, aos quinze anos foi eleita a atleta feminina do ano e apareceu nas capas de diversas revistas esportivas da época devido ao seu grande desempenho nos Jogos Olímpicos. Na mesma época foi eleita pelo líder comunista romeno, Nicolae Ceausescu, como uma heroína da nação, sendo a mais jovem até o momento.

Como atleta conquistou nove medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro. Foi a primeira ginasta da história a receber nota dez, tendo um desempenho considerado perfeito. A atleta era conhecida por executar movimentos considerados difíceis com grande técnica e perfeição, devido a isso alguns de seus movimentos foram incluídos na Tabela Oficial de Elementos, como por exemplo o doublé back e o doublé twist, que são nomeados com o sobrenome da atleta. Além disso, ela é tricampeã do individual geral continental e bicampeã olímpica, ambas na trave de equilíbrio.

Após deixar o esporte, Nadia se mudou para os Estados Unidos onde se casou com o também ginasta Bart Conner. Atualmente o casal mantém um ginásio destinado a descobrir novos atletas. A atleta também possui organizações filantrópicas e é colaboradora da revista International Gymnast.

%d blogueiros gostam disto: