O Brasil tem um número 1

Texto: Erivelton Viana

O sonho de qualquer atleta é chegar no topo de sua modalidade, ganhar a bola de ouro, ser o melhor do mundo, ontem tivemos mais um brasileiro fazendo história. Num esporte que ainda não é divulgado e acompanhado como deveria, que às vezes é discriminado, com as pessoas sempre falando que ele é somente para a elite (um grande engano). Mas esquecem o poder de transformação que o esporte proporciona, a importância dele em todos os cenários: social, econômico, político e social.

Ontem ao vencer e chegar à semifinal do ATP500 de Viena, o mineiro Marcelo Melo chegou ao topo, façanhas que pouco conseguiram, jogando duplas com Lukasz Kubot ele venceu os fortes Jean-Julien Rojer/Horia Tecau por 2 sets a 0 – parciais de 7/6 e 6/4.

O ranking do próximo dia 02 de novembro trará nosso brasileiro como número 1 do mundo em duplas, chegar ao topo não é fácil, principalmente em duplas – basta lembrar do domínio dos irmãos americanos Bryan que estavam na liderança desde 2013. O último brasileiro a chegar no topo foi o nosso Guga, isso há 14 anos, por isso que precisamos sim estar orgulhosos.

Os brasileiros amantes do esporte e do tênis só podem dizer uma única coisa para o Girafa de 32 anos: muito obrigado!

%d blogueiros gostam disto: