Giro Olímpico – Segurança, investigações, tênis e eventos testes

Está liberado

A presidente Dilma Russef sancionou o projeto de lei que libera os estrangeiros da necessidade de visto de entrada no país durante os Jogos Olímpicos. O projeto foi aprovado no senado há duas semanas, antes dos atentados à Paris e, devido ao fato, era esperado o veto presidencial na questão.

Ainda sobre segurança

A França ofereceu auxílio ao Brasil na questão de segurança contra terrorismo durante as Olimpíadas, que já acenou positivamente a colaboração. Na história recente do evento, já houve casos de atentados em Atlanta-96 e Atenas-2004. O momento mundial é instável com a crise no Oriente Médio e toda colaboração é sempre bem vinda nessa questão.

Eventos Teste

Nessa semana estão sendo realizados eventos testes nas arenas onde serão disputadas as modalidades de Hóquei sobre a Grama e Badminton, com presença de diversas delegações internacionais. Até o momento, nada de alarmante nas arenas.

Investigações a vista

De acordo com a agência internacional de notícias Reuters, as obras dos Jogos Olímpicos serão alvo de investigações da polícia federal na operação Lava Jato. Segundo a nota, há indícios de irregularidades nos contratos com as empreiteiras nos mesmos moldes dos já averiguados em outras fases da operação.

Parceria

Martina Hings enviou para Roger Federer um convite para participar das duplas mistas de tênis nas Olimpíadas. Seria uma grande oportunidade de assistir os dois maiores nomes do tênis suíço juntos em quadra.

Por outro lado…

Roger Federer não está muito empolgado sobre disputar os Jogos. Às agências internacionais, declarou que a Olimpíada não está em seus planos para 2016. Depois de bater na trave no US Open e no ATP Finals, ambas derrotas para Djokovic na final, Federer quer se dedicar para encontrar maneiras de vencer o número 1 do mundo nos grandes torneios.

Já para Djoko…

No outro lado, Djokovic declarou que deseja sim estar nos Jogos Olímpicos, mesmo sem contagem de pontos para o Ranking da ATP. Certamente será ótimo para a competição a participação do melhor do mundo na atualidade.

Futsal

Embora seja praticamente impossível de uma modalidade nova entrar no cronograma dos Jogos do Rio-2016, o ministro dos esportes, George Hilton, fez um apelo para inclusão da modalidade.

Patrocínio renovado

A empresa estatal Correios renovou o contrato de patrocínio com as seleções de handebol, masculina e feminina, pelos próximos dois anos.

Novo Dream Team?

Depois de Kobe Bryant confirmar seu desejo de estar nas Olimpíadas, foi a vez do melhor jogador da NBA na atual temporada, Stephen Curry, também manifestar o mesmo desejo. Será uma reedição do Dream Team?

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: