HOSPÍCIO #42 – O caminho pela Libertadores

Cerro Porteño, Cobresal e Santa Fé ou Oriente Petrolero são os clubes que completam o grupo 8, em que o Corinthians está. Do confronto da primeira fase, é muito provável que o Santa Fé passe. Os colombianos são os atuais campeões da Sul Americana, portanto, o clube tem um time competitivo e dará trabalho na fase de grupos, caso consolide sua passagem.

O Cerro Porteño, vice-campeão paraguaio, tem Lugano, muito conhecido pelo público brasileiro. Os paraguaios têm organização em campo e sabem jogar a Libertadores. O Cerro jogou diversas Libertadores, dentre elas, a de 1999, quando nos enfrentou e perderam por 8×2. Fernando Baiano marcou 5 gols naquele jogo.

O Cobresal é uma incógnita. Pouco se sabe sobre o clube. A única coisa que é eminente é que o estádio deles tem uma localização peculiar. Fica num lugar baixo, cercado por nada e o local se assemelha muito à um deserto.

Não devemos ter tantas dificuldades na fase de grupos. Contando que os 3 jogos em casa sejam vencidos pelo Corinthians e que contra o Cobresal fora também conquistaremos 3 pontos, já é uma base para nos classificarmos. É necessário mais que isso para se dar bem na Libertadores, mas para passar já é o suficiente.

De uma forma ou outra, estaremos na torcida. Vai Corinthians!

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: