Rugby: Retrospectiva 2015 – Parte II

Chegamos à segunda parte da retrospectiva de um ano memorável para o rugby mundial e começamos o segundo semestre com o fim dos maiores torneios de clubes do mundo: No hemisfério norte a Copa Europeia dos Campeões – a antiga Heineken Cup – e no hemisfério sul o Super Rugby.

Hemisfério Norte e a Copa Europeia dos Campeões (European Champions Cup)

Em 2015 tivemos a reedição da grande final entre dois clubes franceses de 2013 entre Toulon e Clermont. E, pela terceira vez consecutiva (2013, 2014 e 2015) tivemos o Toulon campeão do maior torneio de clubes do hemisfério norte, vencendo por 24-18.
RC Toulon se consagra campeão da ERC ’15 em cima do freguês Clermont Auvergne

Reveja a final completa abaixo

Hemisfério Sul e o Super Rugby

Após as comemorações do rugby francês, garantindo o campeonato e o vice-campeonato no hemisfério norte, chegou a hora do rugby neozelandês comemorar seu constante crescimento e assegurar as duas maiores posições no rugby do hemisfério sul: a disputa da final foi em Wellington, na Nova Zelândia, com dois times do país: os Hurricanes e os Highlanders. Os Highlanders quebraram todas as casas de câmbio de toda a NZ e foram campeões, indo contra todas as previsões, porque os Hurricanes tinham um retrospecto melhor, jogadores mais decisivos, mas foi o coletivo que garantiu o troféu para os Highlanders. O placar foi 21-14.

Reveja a final completa abaixo

Parte I
Parte II

 

Definidos os campeões dos maiores torneios de clubes do mundo, vamos às convocações das seleções e aos resultados das seleções na RWC 2015, a Copa das Copas!
Fizemos as notícias de acordo com as convocações das seleções, por isso não tem uma ordem lógica.
As seleções convocaram seus melhores jogadores, com algumas particularidades e curiosidades e você confere abaixo tudo o que rolou nesta sensacional Copa do Mundo de Rugby 2015:

O novo modelo de Governança a ser adotado a partir de 2016 pela World Rugby

Prêmio de melhores jogadores de 2015

Com uma atuação impecável em 2015, após o retorno de algumas lesões sérias nos últimos anos, o prêmio ficou com Daniel Carter, o jogador profissional de rugby com mais pontos na história (até o fim desta matéria ele tinha 1.385 pontos,
Daniel Carter named World Rugby Player of the Year 2015
Dan Carter e o prêmio de melhor jogador de 2015

No feminino, a também All Black Kendra Cocksedge ficou com o troféu. As Black Ferns foram campeãs da Women’s Rugby Super Series 2015.

Como revelação, o troféu ficou para mais um All Black, o ponta Nehe Milner-Skudder, de 25 anos.
http://www.worldrugby.org/photos/121960Confira outros prêmios aqui, no site da World Rugby

Amistosos do Brasil contra a Alemanha em Novembro e Dezembro

Fechando o ano de 2015, tivemos, em nossa casa, a presença de duas seleções realizando jogos importantes para o ranking dos Tupis:
Primeiro, dois amistosos contra a Alemanha: O primeiro em Blumenau, Santa Catarina, no dia 28 de Novembro de 2015, que terminou com a vitória alemã por 29-12. O segundo jogo também foi vencido pela Alemanha, desta vez por 31-07, com público recorde no famoso estádio do Pacaembu. Além do público recorde, a despedida de um dos jogadores mais importantes da história desta seleção brasileira de rugby: O capitão do Brasil e do São José Fernando Portugal. Veja abaixo a entrevista de despedida, além das partidas completas:
Jogo I, 28/11/2015
Jogo II, 04/12/2015

Repescagem Sul-Americano 2015: Brasil v Colômbia

O terceiro jogo foi válido pela Repescagem do torneio Sul-Americano 2015, devido à última colocação no Sul-Americano A 2015. O Brasil teve de batalhar pela permanência na elite da América do Sul contra a campeã do Sul-Americano B, a Colômbia e não fez feio: venceu por 44-0 sem dificuldades e se manteve na elite. Agora é trabalhar pra que o rugby se desenvolva e que não passemos mais por sustos como este. Assista ao jogo na íntegra:

Super Desafio BRA de Beach Rugby 2015

Beach Rugby: Brasil é campeão feminino e Argentina campeã masculina!
O Brasil disputou, nas areias de Ipanema, no dia 19 de Dezembro de 2015, um torneio organizado pelo patrocinador máster da Confederação Brasileira de Rugby Union, o Banco Bradesco. Este torneio reuniu as seleções do Brasil, Argentina, Portugal, Colômbia, Itália e Uruguai, com as brasileiras vencendo a Argentina na final e os argentinos vencendo Portugal na final. Brasil masculino ficou em 4º, ao perder para a Itália na disputa de bronze.

Vinícius Guedes

Administrador de Empresas pela UFRRJ, Segurança Privado, Árbitro de Rugby pela RioRefs, jogador pelo Itaguaí Rugby. Gosta de esportes, filmes, séries e muita música.

%d blogueiros gostam disto: