Uma era para acreditar

O torcedor do Corinthians e do Galo esperou, teve paciência, ACREDITOU e recentemente o que não faltou foi motivo pra comemorar. Nós Flamenguistas assistimos sentados com uma certa inveja (Vamos lá… assumam!).
Jamais fomos o clube famoso por ser bom pagador ou por ser exemplo de gestão e, logo quando temos tudo isso, o que nos faltou? Identificação com a cambada que apenas usufruía dos cofres do nosso amado clube. Porque sim, era a única coisa que o bando que nos representava em campo fazia. Hoje esse exemplo de gestão da qual nós, ampla maioria dos torcedores rubro-negros, apoiamos com paciência tem a chance de cumprir o que falaram desde o dia em que foram eleitos pela primeira vez quando Eduardo Bandeira de Melo disse que os três primeiros anos seriam de restruturação (e foram) e que esperava seguir pro segundo triênio no qual ele e sua diretoria fariam com que o Flamengo voltasse para o topo do cenário nacional.
Hoje temos essa promessa para ACREDITAR, assim como ACREDITAMOS no que parecia uma impossível restruturação. Hoje nos resta ACREDITAR no homem que comanda a nossa religião.
ACREDITAR….
ACREDITAR sem olhar para trás, sem olhar pros últimos anos de títulos quase raros (os expressivos).
O Flamengo de 2016 terá uma cara nova. O Flamengo de 2016 terá, no professor Muricy Ramalho, a chance de um reformulação jamais vista. O Flamengo de 2016 terá, mais uma vez, o apoio de 40 milhões que têm fé e, acima de tudo, ACREDITAM.
Vamos, torcedor rubro-negro, ACREDITAR.
Vamos, torcedor rubro-negro, torcer com raça, amor e paixão.
Porque uma vez Flamengo, Flamengo até morrer ❤

Lucas Tinoco

21 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: