Australian Open – 6 vezes Djokovic

Definitivamente o Australian Open tem um dono, e ele se chama Novak Djokovic.

Ele começa o ano igual a 2015, atropelando seus adversários e conquistando títulos. Hoje foi seu 6º título em Melbourne (maior vencedor ao lado de Roy Emerson) e o 11º Grand Slam – igualando-se assim a lendas como Bjorg e Laver, e atrás apenas de Emerson, Sampras, Nadal e Federer.

Hoje ele teve um início de jogo arrasador (repetindo a semifinal contra Federer), não deu chances para o escocês e simplesmente atropelou em fazendo 6/1.

Murray conseguiu uma leve recuperação no segundo set, só que do outro lado está Novak Djokovic jogando em um nível assustador, e no momento decisivo ele fechou em 7/5.

O terceiro set foi uma sucessão de quebras, com os tenistas brigando para manter o saque, o jogo foi então para o tie-break, e não deu outra, Novak Djokovic fecha em 7/6 e conquista mais um Grand Slam para sua gloriosa carreira.

Melbourne se rende ao talento do sérvio.
Melbourne se rende ao talento do sérvio.

O sérvio fez um belo discurso de agradecimento:

“É uma honra ser citado ao lado de lendas do nosso esporte. É um privilégio igualar o recorde de Roy (Emerson), ele é um dos grandes tenistas que já jogaram esse torneio”.

Lembrou também do seu adversário:

“Primeiro de tudo, tenho que prestar respeito ao Murray e a todo o seu time. Você é um grande campeão, um grande amigo, muito profissional. Tenho certeza que terá mais oportunidades de lutar por esse troféu. Também desejo felicidades e tudo de melhor no nascimento do filho. É uma experiência como nenhuma outra”

Andy Murray ainda brincou sobre o resultado, mas agradeceu o público australiano:

“Sinto como se já tenha estado nessa posição antes”, brincou Murray. “Tenho que parabenizar Djokovic pelo feito incrível e pela consistência que tem demonstrado. Agradeço o suporte que recebi do meu time nessas duas últimas semanas, foram momentos difíceis para mim fora da quadra. É sempre muito difícil para mim estar novamente nessa posição, mas adoro jogar para o público australiano”

Para não deixar dúvidas, Nole está definitivamente entre os maiores tenistas da história.

 

 

%d blogueiros gostam disto: