Australian Open – O desempate

Em 44 confrontos temos 22 vitorias para cada lado, muita rivalidade e uma grande disputa para saber quem vai para a grande final do Australian Open 2016.

É amanhã (28/01) um dos duelos mais esperados do torneio, de um lado o número 1, o sérvio Novak Djokovic em busca do seu 6° título na Austrália, do outro lado o suíço Roger Federer, tentando seu 5° título.

O suíço

Fazendo um ótima campanha chega com as credenciais de sempre, ele busca seu 18° título de Grand Slam. Apesar do empate de 22 vitórias para cada lado, ele não consegue bater Nole em Majors desde Wimbledon de 2012.

Sobre a possibilidade de conquista o título, Roger falou: “ainda consigo vencer qualquer um no circuito”.

Djoko

O número 1 do mundo não jogou tão bem algumas partidas, mas todos sabemos que no momento decisivo ele se supera. Busca seu 6° título em Melbourne – empatando assim com a lenda australiana Roy Emerson – e seu 11° Grand Slam.

Nole também falou sobre o encontro: “para ganhar dele, sempre preciso jogar o meu melhor”.

Os fãs do esporte e especialmente do tênis podem esperar, teremos uma grande partida.

%d blogueiros gostam disto: