Campeões de Inverno – Itália

O Napoli foi o campeão simbólico de inverno do Campeonato Italiano e este é o primeiro título de inverno dos napolitanos desde a temporada 1989/90, temporada em que o clube conquistou seu segundo – e até então, último título da liga nacional. Naquela época, o Napoli era guiado pelos pés mágicos do argetino Maradona, que marcou 16 gols. Agora é a vez de outro argentino ditar o ritmo das redes desta vez com: Gonzalo Higuaín. Autor de 18 gols em 19 jogos e artilheiro absoluto do campeonato com 7 gols a frente de Éder, da Sampdoria.

A equipe de Maurizio Sarri tem o melhor ataque da competição com 38 gols marcados e 15 gols sofridos, com um aproveitamento de 73% e seus 41 pontos. Faz jus ao seu último resultado que garantiu a liderança e o título de inverno, o 5-1 fora de casa sobre o Frosinone (19º colocado) no último dia 10 foi para carimbar a alegria no rosto dos torcedores.

Para contribuir ainda mais com o mérito napolitano, o Sassuolo surpreendeu e calou o Giuseppe Meazza vencendo a Internazionale por 1-0. O time de Milão segue o líder apenas 2 pontos atrás, Com um aproveitamento de 70%.

Apesar do campeonato equilibrado entre os 4 primeiros colocados, o feito da uma enorme confiança ao Napoli que irá em busca de seu terceiro título na liga com apenas uma estratégia: vencer ou vencer.


OS ÚLTIMOS CAMPEÕES DE INVERNO E SEUS FINAIS

11/12Juventus terminou o primeiro turno com 41 pontos, 1 a frente do Milan. Se sagrou campeão com 84 pontos e nada Ibrahimovic – artilheiro da competição com 28 gols – pode fazer para contestar.

12/13 – Lazio e Napoli tentaram parar a Juventus. O Napoli contava com o artilheiro Cavani, que vinha fazendo sua melhor temporada na carreira. Mas seus 29 gols não foram o suficiente. A Juventus terminou o primeiro turno com 44 pontos e foi campeã com 87. 9 pontos a frente do Napoli.

13/14 – A supremacia não parou, a Juventus foi inquestionável do começo ao fim. Campeã simbólica de inverno, já tinha uma vantagem de 8 pontos sobre a Roma e foi assim até o final. Conquistou o título com 102 pontos e incriveis 80 gols marcados. Média de 2,10 por jogo.

14/15 – Talvez o título mais fácil da Juventus. Campeã do inverno com 46 pontos, 5 a frente da Roma, ainda existia esperanças de ser ultrapassado em algum momento do campeonato com alguns tropeços, mas a frieza de Tevez, Pogba e companhia foi determinante para um final avassalador: 87 pontos, 17 a frente da Roma.


Vale ressaltar que a Juventus sofreu algumas perdas para essa temporada, com alguns reforços mantem seu time forte, mas Napoli e Internazionale são as principais equipes que podem desbancar essa hegemonia de Turim. Qual o seu palpite para o fim do campeonato?

%d blogueiros gostam disto: