Cinco vezes Messi

Hoje (11/01/2016) Messi bateu Cristiano Ronaldo e Neymar na disputa pela Bola de Ouro da FIFA. O argentino chega agora a sua quinta conquista, enquanto CR7 venceu três vezes e o brasileiro ainda não conquistou nenhuma.

O tridente ofensivo do Barcelona fez um 2015 irretocável, conquistando tudo que disputou, e se consagrando como o ataque que mais fez gols em apenas um ano. Muitos já consideram esse o maior trio da história do futebol. Messi, Neymar e Suárez dividem o protagonismo com números impressionantes de gols e assistências. O argentino, com a camisa 10, certamente é a principal referência entre eles, e isso o favoreceu para chegar a conquista do prêmio.

Os números evidenciam a grande temporada de Messi que em 2015 marcou 52 vezes, deu 25 assistências e conquistou 5 títulos. Apenas Cristiano Ronaldo fez mais gols que o argentino no ano, balançando as redes 57 vezes, entretanto o gajo não conquistou nenhum título durante o ano, colocando em cheque seu poder de decisão comparado ao argentino.

Lionel Messi tem 28 anos e conquistou sua primeira bola de ouro após o ano de 2009. Na época, Messi se tornou imbatível, vencendo o prêmio quatro vezes seguidas e se tornando o jogador com mais conquistas desse prêmio. Fazendo uma análise por gols marcados, o ano de 2015 foi o segundo ano em que Messi menos balançou as redes e depois conquistou o posto de Melhor do Mundo, superando apenas 2009, onde ele balançou as redes 36 vezes. Em 2012 o argentino teve seu ápice, anotando 93 tentos, feito que ninguém na história do futebol conseguiu.

Mas, a quantidade menor de gols se dá pela divisão do toque pras redes com Suárez e Neymar, visto que o trio fez 137 gols durante 2015. O que evidencia isso é o elevado número de assistências dada por Messi durante o ano. As 25 assistências foram superadas apenas pelo ano de 2011, onde ele serviu seus companheiros 28 vezes.

A análise por números mostra um Messi não tão afiado quanto em 2011/2012, mas observar o que ele faz em campo evidencia que ele está tão bom quanto. Vale lembrar que o argentino perdeu alguns jogos por contusão em 2015, e mesmo após a contusão manteve o nível. O primeiro semestre foi também espetacular, sendo coroado em agosto com o prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 14/15. Leo segue magnânimo e não há previsão de quando ele pode ter uma baixa na carreira. Mesmo tendo ficado dois anos sem conquistar a Bola de Ouro, ele mostra em mais um ano incrível que indiscutivelmente é o melhor do mundo, e esse título deverá ser conquistado por ele mais algumas vezes. 

Elvis Fernando

20 anos, estudante de Engenharia na Universidade Federal do ABC. Apaixonado por esportes e isso me mantém firme dentro do HTE Sports.
Fundador da marca HTE.

%d blogueiros gostam disto: