Divisional Round – Jogos de Sábado

New England Patriots 27 x 20 Kansas City Chiefs

Abrindo o Divisonal Round, o New England Patriots recebeu o Kansas City Chiefs no Gillete Stadium e dominou o confronto do começo ao fim. Mesmo sem um jogo corrido eficiente, Tom Brady não teve grandes problemas contra a forte defesa do Chiefs, com grandes méritos de sua linha ofensiva, que não permitiu nenhum sack. Quando o ataque de Kansas era acionado, tinha muitas dificuldades de concluir as campanhas. No primeiro tempo, chegou a ter uma campanha iniciada na linha de 35 jardas do ataque, mas terminou com um punt. Perdendo por 27 x 13 no quarto período, chegou a ter uma primeira para o TD na linha de 1 jarda com 2 minutos e meio ainda no cronometro, mas só conseguiu entrar na endzone com um minuto e 18 segundos para o fim do confronto. Sem sucesso no onside kick e com uma jogada que sorte em passe de Brady, a vitória e classificação para a final da AFC foi confirmada.

O Patriots agora aguarda nesse domingo o outro finalista, que sairá do duelo entre Broncos e Steelers. Linha ofensiva e Brady afiado deverão novamente ser a chave ofensiva da equipe de New England para chegar pela segunda vez consecutiva ao Super Bowl.

Arizona Cardinals 26 x 20 Green Bay Packers

Foto: GettyImages

Um jogo digno de playoffs da NFL. Simplesmente isso. Definido na prorrogação, com jogadas fantásticas, foi assim que o Arizona Cardinals venceu o Green Bay Packers e garantiu presença na final da NFC. O primeiro tempo foi mais comedido, com as defesas levando a melhor em diversas oportunidades e o placar terminando em 7 x 6 para o Cardinals. No terceiro período, Carlson Palmer e Aaron Rodgers trocaram interceptações e após corrida de mais de 40 jardas de Eddie Lacy, o Pakers bateu a porta da endzone do Cardinals para virar o jogo. Fato ocorrido após passe de A-Rod para Jeff Janis. Foi a vez de no Cardinals aparecer Larry Fitzgerald com recepções providenciais. Carlson Palmer lançou sua segunda interceptação na endzone, mas com 4 minutos e meio para o fim do jogo virou o placar em 17 x 13 em TD com passe desviado. A defesa do Cardinals apareceu e não permitiu que o Green Bay avançasse, após arriscar uma 4ª para 5 jardas no campo de defesa. Com a bola de volta, o Cardinals ampliou para 20 x 13 a vantagem, entregando a bola para Aaron Rodgers com pouco mais de um minuto. E aí o QB mostrou porque é chamado de A-God pela torcida. Falando 55 segundos, Rodgers encarava uma 4ª para 20 na linha de 4 jardas de sua defesa. Pressionado, consegue um passe fantástico para Jeff Janis. Janis que seria o alvo de outro milagre de Rodgers, a Hail Mary no estourar do cronometro que levou o jogo para a prorrogação. No tempo extra, logo no primeiro passe Carlson Palmer conectou Larry Fitzgerald que levou a bola até a linha de 4 jardas. Na jogada seguinte, um shovel pass para o mesmo Fitzgeral que entrou na endzone para dar números finais a partida.

O Arizona Cardinals espera agora o outro lado da final da NFC, que sairá do confronto entre Seattle Seahawks e Carolina Panthers nesse domingo.

Aproveito para convidá-los mais uma vez para seguir nosso perfil no Twitter, o @HTE__Sports. Assim como já fazíamos no tradicional soccer, estamos com a narração e comentários lance à lance durante os jogos dos playoffs da NFL.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: