O primeiro Grand Slam do ano vai começar

No próximo dia 18 (segunda-feira) vai começar o primeiro Grand Slam do ano, o Australian Open vai começar. Na alta temperatura de Melbourne os melhores do mundo vão disputar quem será o grande campeão.

O sorteio da chave foi realizado na noite de ontem (horário de Brasília). Confira aqui a chave completa Tabela AusOpen

O espanhol Rafael Nadal sempre um dos favoritos ao título enfrentará logo na primeira rodada um velho conhecido, o também espanhol Fernando Verdasco (47° do ranking), o Touro tem uma ampla vantagem nos confrontos – são 14 vitórias contra apenas 2 derrotas, mesmo com esse quadro, a partida merece atenção, pois Nadal apesar de estar demonstrando bastante confiança, ainda está em plena recuperação, além disso a derrota sofrida em Doha contra o sérvio Djokovic parece que ainda não foi digerida.aus 4

O suíço Stan Wawrinka vai em busca de mais um Grand Slam – campeão em 2014, ele começou a temporada de 2016 com o título em Chennai, chega confiante a Melbourne em busca do bicampeonato. Stanimal com é conhecido pegou uma chave mais difícil, começa com o experiente Dmitry Tursunov, tem ainda pela frente os possíveis adversários: Jack Sock, Raonic e um possível encontro com Rafael Nadal – reeditando a final de 2014, quando Wawrinka conquistou seu primeiro Grand Slam.

aus 5

Imagem: Reuters
Imagem: Reuters

O sempre favorito Roger Federer, 3° do ranking na atualidade, chega a mais um Grand Slam com a pressão de demonstrar que ainda é capaz de ser campeão em torneio desse tipo, onde além da pista rápida, forte calor, existe o fator de longas partidas – jogos de 3 sets – que acabam minando a força do experiente suíço. Seu novo técnico é o croata Ivan Ljubicic, uma parceria que pode render bons resultados. Roger também está recuperando de uma forte gripe, um dos fatores que acabaram prejudicando seu desempenho em Brisbane, onde foi vice-campeão.

 

O escocês Andy Murray busca seu primeiro título nas terras dos cangurus, dono de 04 vice-campeonatos (2015, 2013, 2011 e 2010), a participação do escocês era dúvida, pois está aguardando a chegada de seu herdeiro que está previsto para esse mês, esse talvez seja o fator que possa tirar Murray do caminho. Na teoria sua chave está mais fácil que os demais (enfrenta o alemão Alexander Zverev na primeira rodada, Sam Groth, João Sousa, Tomic, e uma possível semifinal teria John Isner, Feliciano Lopez ou David Ferrer).

Imagem: Dave Shopland
Imagem: Dave Shopland
Imagem: AFP/GETTY IMAGES
Imagem: AFP/GETTY IMAGES

O nome a ser batido no momento, o atual campeão e dono de 05 títulos na Austrália, o sérvio Novak Djokovic chega como favorito absoluto em Melbourne.

Djoko está Jogando um tênis de altíssimo nível, campeão de forma incontestável em Doha, vencendo Rafael Nadal por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/2, o atual número 1 do mundo busca mais um Grand Slam, seria o seu 11°, empatando assim com Laver e Borg.

Sua estreia será contra o jovem sul-coreano Hyeon Chung, número 51° do ranking.

Outros nomes que não podem ser descartados, o experiente David Ferrer (8° do ranking) vai em busca do seu primeiro Major, o espanhol ainda não conhece seu adversário (está aguardando o qualifier), recente lesões o deixaram afastado do circuito, mas parece que está recuperado e vem com força total em busca do título. O japonês Kei Nishikori, tenta repetir a campanha do Us Open de 2014 quando chegou a ser vice-campeão, o problema continua sendo seu preparo físico, que pode – mais uma vez – atrapalhar sua caminhada. O Checo Tomas Berdych que sempre vai longe nos torneios, precisa demonstrar que pode ser campeão, e sair do “quase”.

Vai começar, grandes jogos, grandes emoções, o Australian Open está chegando.

%d blogueiros gostam disto: