Transferências – São Paulo

Com a falta de bola rolando, os focos do time são as contratações e a manutenção de craques e em São Paulo, três times têm como foco a Libertadores da América o que faz com as torcidas pressionem ainda mais para nomes de peso. Vamos conferir o que os times estão preparando para 2016.

Veja tudo que está rolando nas negociações do Nordeste. 

Corinthians

Quem chega: Marlone (Sport), Vilson (Chapecoense), Alan Mineiro e Douglas (Bragantino); Guilherme  (Antalyaspor)

Quem sai: Jadson (Tiajin Quanjian), Edu Dracena (Palmeiras), Vagner Love (Mônaco-FRA), Renato Augusto e Ralf (Beijing Guoan); Gil (Shandon Luneng)

Time: Cássio; Fágner, Vilson, Felipe e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Guilherme e Marlone; Malcom e Danilo.

Marlone usará a camisa 8, deixada por Renato Augusto.
Marlone usará a camisa 8, deixada por Renato Augusto.

Um time praticamente devastado que ainda pode perder uma ou outra peça pros clubes chineses, a saída de Cássio que era dada como certa melou e o goleiro campeão mundial fica no clube. A esperança do torcedor e da diretoria é no técnico Tite que conseguiu fazer o time render após saídas importantes no meio de 2015. O ano corintiano começa com um ponto de interrogação.

Veja tudo que está rolando nas negociações de Minas Gerais. 

Palmeiras

Quem chega: Vágner (Avaí), Roger Carvalho (Botafogo), Rodrigo e Erik (Goias), Régis (Sport), Edu Dracena (Corinthians) Moisés (Rijeka) e Jean (Fluminense)

Quem sai: Aranha, João Paulo, Andrei Girotto (Ambos sem clube), Amaral e Vinícius (Coritiba), Fábio (Oeste), Juninho (Audax), Welligton (Ponte Preta) e Victor Ramos (Monterrey)

Time: Fernando Prass; Lucas, Vitor Hugo e Edu Dracena e Zé Roberto; Jean, Arouca, Robinho, Dudu e Gabriel Jesus; Lucas Barrios

Erik, atacante que fez um ótimo Brasileirão chega ao Palmeiras.
Erik, que fez um ótimo Brasileirão chega ao Palmeiras.

O campeão da Copa do Brasil não perdeu nenhum jogador de muita importância e fez contratações pontuais como a do volante Jean que fechou nos últimos dias e do experiente zagueiro Edu Dracena, a manutenção do base do time pode fazer com que o Palmeiras se mantenha constante no ano de 2016, entra como um dos favoritos para a Libertadores 2016. Além de um time titular bom, as peças de reposição estão à altura.

Veja tudo que está rolando nas negociações do Rio de Janeiro. 

Santos

Quem chega: Joel (Cruzeiro), Paulinho (Flamengo) Ronaldo Mendes (ABC), Lucas Crispim (Joinville), Elano (Chennaiyin).

Quem sai: Nilson, Leonardo e Leandro Damião (Sem Clube); Marquinhos Gabriel (Al-Nassr), Geuvânio (Tiajin Quanjian), Gabriel Gasparotto (Capivariano), Rafael Galhardo (Anderlecht), Chiquinho (Flamengo) e Leandro (Coritiba)

Time: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima, Gabriel, Serginho e Ricardo Oliveira.

atacante-paulinho-jogara-emprestado-no-santos-ate-o-fim-desta-temporada-1452106003657_615x300
Paulinho, ex-Flamengo, em sua apresentação na Vila.

Um fim de ano frustrante por não conseguir a vaga na Libertadores pode ter causado efeito negativo dentro do Santos, mas não parece, pois os destaques do time em 2015 ficarão para 2016, apenas Marquinhos Gabriel retornará ao time da Arábia Saudita pela falta de dinheiro do alvinegro praiano para contratação, Elano retorna da Índia e um possível retorno de Robinho é visto com bons olhos pelos torcedores santistas que estão confiantes de um bom 2016.

Veja tudo que está rolando nas negociações do Rio Grande do Sul. 

São Paulo

Quem chegou: Kieza (Bahia), Lugano (Cerro Porteño), Mena (Cruzeiro) e Edgardo Bauza (técnico San Lorenzo)

Quem saiu: Luís Ricardo (Botafogo), Luís Fabiano (Tiajin Quanjian) e Rogério Ceni (Aposentado).

Time: Dênis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes e Ganso; Michel Bastos; Centurión e Kardec

Lugano em sua chegada em São Paulo.
Lugano em sua chegada em São Paulo.

Pouco movimento de mercado, mas muitas mudanças internas, o único time que trocou de técnico entre os paulistas estreia primeiro que todos eles na Libertadores, pois joga a fase preliminar, a perda do maior ídolo da história do clube pode ser sentida, ainda mais quando outro líder da equipe também não ficará, Luís Fabiano pegou o bonde chinês, mas Lugano com sua raça uruguaia e experiência chega pra suprir a ausência de uma liderança no clube e Edgardo Bauza com duas Libertadores no currículo.

Renan Thierre

Antigamente comia areia e catarro, futuramente um professor de História, atualmente editor no HTE Sports e finge que entende de futebol e outros esportes.

%d blogueiros gostam disto: