Turnover – Análise do Denver Broncos

É chegada a hora do Superbowl 50, que contará com a presença de Denver Broncos e Carolina Panthers, campeões das conferências americana e nacional respectivamente. E hoje iremos falar do time de Peyton Manning, destacando seus pontos fortes e suas principais falhas, que marcaram esta temporada em Denver. Lembrando sempre, que o Superbowl 50 terá cobertura completa no nosso twitter, o @HTE__Sports!

Pontos Fortes

  • Defesa: Sem dúvida a principal arma do Denver Broncos para esse Superbowl. Com Von Miller, Aqib Talib e TJ Ward, entre outros nomes, é inegável a força do time de defesa do Denver Broncos, sempre forçando muitos sacks, fumbles e interceptações, além de deixar o QB adversário sob pressão em cada snap. É a defesa que menos cedeu jardas por jogo na temporada regular, com média de apenas 283.1 jardas cedidas ao adversário por jogo.
  • Linha ofensiva: com bloqueios efetivos para as corridas do RB e permitindo muito tempo no pocket, a linha ofensiva do Broncos também se destaca. Liderado por Louis Vasquez, a trincheira ofensiva de Denver permite que Peyton Manning normalmente tenha tranquilidade para usar seu braço e procurar seus recebedores, além de ajudar bastante para as corridas de CJ Anderson e Ronnie Hillman com os bloqueios.

    Foto: Denver Post
    Foto: Denver Post

Pontos Fracos

  • Peyton Manning: inegavelmente, Peyton é um dos maiores QBs da história. Mas sua fama de amarelão já é alta nos EUA, pois um quarterback do seu nível ter apenas um Superbowl é bem pouco. Além disso, essa foi uma das piores temporadas de Manning. Além de lesão que o tirou de boa parte da temporada regular, quando jogou ele obteve números ruins: é só o 39° em jardas ganhas por passe (6.8), lançou apenas 9 touchdowns e 17 interceptações, além de um QB rating (que vai até 158.3) de 67.9.
  • Ataque: se o QB não está em boa fase, consequentemente o ataque funciona mal. E prova disso foi a final da AFC, onde o Denver Broncos conseguiu apenas 244 jardas ofensivas contra o New England Patriots, a pior marca da história da franquia em pós temporada. Contra a também fortíssima defesa do Carolina Panthers, isso precisará mudar.

Destaques (na temporada regular)

. Peyton Manning, QB: 198/331, 2249 jardas, 9 TDs, 17 INTs

. Von Miller, LB: 11 sacks, 4 fumbles forçados (na final da AFC foram 2.5 sacks e 1 interceptação)

. Ronnie Hillman, RB: 207 corridas, 863 jardas, 7 TDs

. Demaryus Thomas, WR: 105 recepções, 1304 jardas, 6TDs

. Aquib Talib, CB: 3 INTs, 2 TDs, 123 jardas

Quer acompanhar tudo sobre a NFL? Siga no twitter nossos parceiros do @ExpressoTD e fique por dentro de tudo que ocorre na liga mais emocionante dos esportes!

 

Geisson Pereira Miranda

Mineiro, 21 anos. Estudante de Administração na Universidade Federal de Ouro Preto. Acompanha especialmente basquete, futebol americano, tênis e, claro, futebol.

%d blogueiros gostam disto: