De Bandeja – Flamengo segue dominando o NBB

O Novo Basquete Brasil (NBB) está em sua oitava edição, mas algumas coisas nela não mudam. O domínio do Flamengo na competição é uma dessas coisas. A equipe rubro negra, que esteve os 4 primeiros nas 7 edições anteriores (com 4 títulos e 1 vice), segue liderando a liga nacional este ano com 16 vitórias e apenas 3 derrotas na temporada. Aproveitamento de 84.2% para o time comandado por José Neto, que é dono da melhor defesa da competição cedendo em média apenas 70 pontos por jogo para os adversários e com um ataque poderoso (média de 84 pontos por partida).

O Flamengo se recuperou muito bem das perdas que sofreu do elenco do ano passado, campeão do NBB, do Carioca, da Liga das Américas e do Mundial contra o Maccabi Electra (Israel). Daquele time, o armador Laprovittola e o ala-pivô Hermann, ambos, argentinos, deixaram o time. Para substituí-los, Olivinha voltou ao time titular no lugar de Hermann, e o Flamengo foi buscar o armador Rafa Luz no basquete espanhol para o lugar vago de Laprovittola.

Flamengo campeão do mundo em 2014 (Foto: UOL)
Flamengo campeão do mundo em 2014 (Foto: UOL)

José Neto começou então o processo de remontar o estilo de jogo do Flamengo, que mudou de Laprovittola para Rafa Luz. Na primeira fase da Liga das Américas, classificação assegurada com 3 vitórias em 3 jogos. No Carioca, foram 6 vitórias e título invicto. Agora, vem essa boa campanha no NBB. E o principal segredo do Flamengo é sua rotação.

Foto: Globo Esporte
Foto: Globo Esporte

Com jogadores fortes em todas as posições, pelos menos 10 jogadores tem médias superiores a 15 minutos por partida. Das 5 principais estatísticas do basquete (pontos, rebotes, assistências, roubos de bola e tocos), apenas Marquinhos aparece no Top 5 de algum quesito, o 5° maior pontuador do NBB. Isso mostra o quão bom é o elenco rubro negro nesta temporada, que vai dominando os adversário mesmo sem um jogador dominante, todos os atletas do clube tem números parecidos. Alguém poderá parar o time de José Neto?

Geisson Pereira Miranda

Mineiro, 21 anos. Estudante de Administração na Universidade Federal de Ouro Preto. Acompanha especialmente basquete, futebol americano, tênis e, claro, futebol.

%d blogueiros gostam disto: