HOSPÍCIO #43 – Romero e a reconstrução do Corinthians

Primeiramente, feliz 2016, nação corinthiana.

 

 

Angel Romero. O paraguaio, já bem conhecido pela nação, nunca foi unanimidade nem entre a torcida, nem dentro do Corinthians. Quase negociado no meio do ano com o aval de Tite e tendo diversas boas propostas para sair, Romero, aos trancos e barrancos, preferiu ficar e agora tenta seu espaço cativo no time titular e nas graças da torcida. Já são 3 gols em 2016, dois na Florida Cup e um no Paulistão. No ano de 2015 todo, Romero marcou 4 gols. É uma evolução considerável, mas também reflete as oportunidades que o jogador tem, que não tinha anteriormente. É indiscutível que o paraguaio tenha uma vontade descomunal, mas não tanto talento assim. Na história do Corinthians, há diversos jogadores com as mesmas características que deram muito certo no Timão. Por que não Romero?
Muito provável que com as chegadas de reforços como Guilherme, Giovanni Augusto e André, ele não tenha mais tantas oportunidades no Corinthians. Se tiver, será bom para o clube e para Romero, que com continuidade poderá mostrar algo a mais. O que não falta é vontade para demonstrar que pode sim vestir o manto de um dos maiores clubes do Mundo.

Com as idas e vindas, cabe a Tite reconstruir esse time. O que ainda pode demorar algum tempo, como o técnico já afirmou em coletiva. Mesmo assim, pelo primeiro jogo contra o XV de Piracicaba, dá para esperar alguma coisa desse ano. O esquema tático e a forma do time jogar é muito bom, muito semelhante à 2015. Faltam peças de maior qualidade para compor esse esquema e fazer com que o Corinthians seja, de novo, campeão. A paciência, maior adjetivo da torcida corinthiana, terá de ser muito praticada nesse ano. Mesmo assim, a confiança principalmente em Tite segue à toda. E não dá para esperar nada diferente de um clube como o Corinthians a não ser vitórias e títulos.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: