Os 10 piores vestuários do Australian Open 2016

O Australian Open desse ano teve muitas surpresas. Kerber bateu Serena Williams na final e Shuai Zhang atropelou as cabeças de chave. Outra novidade positiva foi que Tomas Berdych (8) da Republica Tcheca trocou de patrocinador esse ano, da sueca H&M ele foi para a alemã Adidas. Mas mesmo sem Berdych ainda temos uma lista cheia de vestuários “questionáveis”.

10 – Eugenie Bouchard (Nike)

O patrocinador da canadense não teve medo em vestir a jogadora sem nenhum glamour ou feminilidade. Bouchard entrou em quadra com um vestido estilo blusa comprida (tank). O principal conceito do vestido é ser leve. De fato o vestido atinge esse objetivo. Todas as vezes que a atleta terminava o movimento do saque o vestido subia. Para piorar o tecido faz a roupa parecer velha e surrada.

Eugenie Bouchard (58) do Canada durante uma partida no Australian Open. (FOTO: Scott Barbour/Getty Images AsiaPac)
Eugenie Bouchard (58) do Canada. (FOTO: Scott Barbour/Getty Images AsiaPac)

9- Sloane Stephens (Under Armour)

O modelo da americana tinha tudo para dar certo. A cor é bonita, o vestido tem um bom caimento, mas a fenda das costas o transformou no caos e a estampa de zebra parece não fazer parte do modelo.

Sloane Stephens (25) dos Estados Unidos. (FOTO: Michael Dodge/Getty Images)
Sloane Stephens (25) dos Estados Unidos. (FOTO: Michael Dodge/Getty Images)

8- Agnieszka Radwanska (Lotto)

O que dizer desse look rosa cintilante da polonesa? Além do brilho do vestido, o tecido tem um aspecto de seda. O caimento parece não entrar em sintonia, uma parte do vestido fica justa e segue o contorno do corpo, enquanto outra fica soltinha. Aga ainda deu um toque pessoal ao vestuário combinando um shorts branco e um top azul escuro ao vestido.

Agnieszka Radwanska (3) da Polônia (FOTO: Greg Wood/Getty Images)
Agnieszka Radwanska (3) da Polônia (FOTO: Greg Wood/Getty Images)

 7- Grigor Dimitrov (Nike)

O búlgaro está realmente em baixa. Despencou no ranking ano passado, terminou seu namoro com Maria Sharapova, rompeu com o antigo técnico, perdeu o seu Porsche e ainda teve que estrear no Aberto da Austrália usando esse look da Nike. A combinação das listras com o modelo da blusa sem mangas ficou horrível. Dimitrov optou por mudar de camisa na partida seguinte e usou o modelo da blusa com mangas.

Grigor Dimitrov (28) da Bulgária. (FOTO: Jack Thomas/Getty Images AsiaPac)
Grigor Dimitrov (28) da Bulgária. (FOTO: Jack Thomas/Getty Images AsiaPac)

6- Ana Ivanovic e Angelique Kerber (Adidas)

Com estampas geométricas e coloridas Ana Ivanovic entrou em quadra pronta para ir à uma festa junina. A marca ainda vestiu Simona Halep e Angelique Kerber com a mesma estampa, mas em um conjunto de blusa verde e saia vermelha.

A esquerda Ana Ivanovic (20) da Servia, a direita Angelique Kerber (2) da Alemanha. (FOTOS: Getty Images)
A esquerda Ana Ivanovic (20) da Servia, a direita Angelique Kerber (2) da Alemanha. (FOTOS: Getty Images)

5- Varvara Lupchenko (Lotto)

O modelo usado pela uzbeque naturalizada americana é uma combinação de floral com o pretinho básico. O conceito é bom, mas não foi bem executado pela marca. O pior é que o look é uma copia dos modelos Y-3 da Adidas em Roland Garros 2015.

A cima: Varava Lepchenko (48) dos Estados Unidos no Australian Open 2016. A baixo, Ana Ivanovic (20) da Servia durante o torneio de Roland Garros 2015. A servia veste o modelo Y-3 da Adidas (FOTO: Thibault Camus/Associated Press)
Acima, Varava Lepchenko (49) dos Estados Unidos no Australian Open 2016 (FOTO: Zak Zaczmarek). Abaixo, Ana Ivanovic (20) da Servia durante o torneio de Roland Garros 2015. A servia veste o modelo Y-3 da Adidas (FOTO: Thibault Camus/Associated Press)

4- Jelena Jankovic e Karolina Pliskova (Fila)

O conceito dessas riscas verdes florescentes nos vestuários é desconhecido. O fato é que não combinou com a roupa. O detalhe verde e preto luminoso parece que não pertence a roupa.

Jelena Jankovic (19) da Servia, à esquerda e Karolina Pliskova (13) da Republica Tcheca. (FOTOS: Getty Images)

3- Gael Monfils (Asics)

O maior erro do vestuário usado pelo francês é a quantidade de estampas. Camisa é vermelha com listras azuis e brancas, shorts é azul petróleo com bolinhas brancas e para fechar com chave de ouro ele usou uma haedband branca. A Asics, que costuma fazer modelos tão atléticos e neutros, nesse ousou e ousou mal.

Gael Monfils (17) da França (FOTO: Rayn Pierse/ Getty Images)
Gael Monfils (17) da França (FOTO: Rayn Pierse/ Getty Images)

2- Svetlana Kuznetsova (Qiadon)

A controversa marca chinesa vestiu a atleta russa com um conjunto de regata com saia em rosa e azul claro degrade. Assim como no look do Monfils, a roupa da jogadora tem muita informação desordenada.

Svetlana Kuznetsova (24) da Russia (FOTO: Ryan Pierse/Getty Images)
Svetlana Kuznetsova (17) da Russia (FOTO: Ryan Pierse/Getty Images)

 1- Stan Wawrinka (Yonex)

O shorts xadrez em Roland Garros não foi o suficiente para Stan e a Yonex. A marca agora vestiu o atleta com uma roupa degrade rosa e verde limão. Mas o que faz desse look tão especial são os detalhes! Munhequeira e meias combinando com o degrade da camisa.

Stanislas Wawrinka (4) da Suiça. (FOTO: Getty Images)
StanWawrinka (4) da Suiça. (FOTO: Getty Images)
%d blogueiros gostam disto: