Revelações da Copa São Paulo 2016

Texto: Gustavo Castelano

A Copinha já acabou, o Flamengo foi o grande campeão, mas a 47ª edição do campeonato apresentou grandes jogadores, que em breve estarão atuando nas equipes principais de seus clubes. Muitos foram os atletas que brilharam, mas apenas onze entraram em nossa lista. Escolhemos onze jogadores, posição por posição, e fizemos uma seleção com as maiores revelações da competição.


Goleiro:

thiago
O goleiro Thiago foi um dos grandes destaques do Flamengo, time campeão da Copinha. Com grandes defesas, o guarda redes rubro-negro ajudou o time em toda a jornada, inclusive pegando dois pênaltis na grande final. Mostrando agilidade, bom posicionamento e um espírito de liderança, o goleiro é uma das esperanças para o futuro na Gávea.


 

Lateral Direito:

KEVIN

A Copinha deste ano mostrou grandes jogadores jogando pelas laterais. Thiago Ennes (Flamengo), Léo Príncipe (Corinthians), todos eles poderiam estar nessa seleção. Mas a grande revelação foi o cruzeirense Kevin. Mesclando rapidez e técnica, Kevin fez grandes partidas pelo clube mineiro. A expectativa é que ele seja integrado ao elenco profissional em breve.


 

Zagueiro:CZ4r6qvVIAA6KBk

Léo Duarte, capitão do Flamengo, foi o grande líder da equipe rubro-negra. Zagueiro, capitão, o jogador é uma grande aposta, e que já vem sendo observado pela diretoria do Flamengo. Na competição, Léo Duarte mostrou todas suas qualidades. O atleta já foi integrado ao elenco profissional, e já está à disposição do treinador Muricy Ramalho.


Zagueiro:
CYikocmWYAAp_ap
Cria da base alvinegra – mas que estava defendendo as cores do Palmeiras -, Vinícius Del’Amore foi um dos destaques do Corinthians na Copinha. Com uma grande eficácia no jogo aéreo, o zagueiro foi um dos destaques do sistema defensivo da equipe. Del’Amore não recebeu nenhum cartão amarelo durante toda competição.


Lateral Esquerdo:

SP - FUTEBOL/COPA SÃO PAULO/CORINTHIANS X PAYSANDU - ESPORTES - Léo Jaba, do Corinthians, comemora após marcar o terceiro gol da equipe em partida contra o Paysandu, válida pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016, neste sábado (09), no estádio Major José Levy Sobrinho, em Limeira (SP). 09/01/2016 - Foto: MAURICIO BENTO/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Romão tinha a responsabilidade de substituir Guilherme Arana, que já está no elenco profissional alvinegro. Missão cumprida com êxito. O atleta que mostrou uma grande força ofensiva, foi uma das surpresas da competição.


Volante:

ronaldo
A maturidade, visão de jogo, e obediência tática foram os grandes atributos do volante rubro-negro. Ronaldo é uma das grandes revelações da Gávea, e já foi integrado ao elenco principal. Em breve estará figurando entre os titulares.


Volante:

maycon
Maycon é a definição de “volante moderno”. Além de uma boa marcação, a ótima presença ofensiva e o bom passe, são uma das características do meia. Titular na seleção sub-20, Maycon tem um futuro promissor.


Meia:
matheusinho
Matheusinho foi o craque da ótima equipe do América Mineiro. O jovem de apenas 16 anos, foi um verdadeiro pesadelo para os adversários. Rapidez, habilidade e faro de gol, essas são as credenciais do meia que vai disputar o Brasileirão Série A, pela equipe principal do Coelho.


Meia:

alex apolinario
O camisa dez do Cruzeiro, também é o camisa dez dessa seleção. Alex Apolinário é um meia clássico, e que está em falta no futebol atualmente. Com grande visão de jogo e ótimo passe, o meia foi o craque da equipe celeste. O jovem de 19 anos foi o grande meia da Copinha.


Meia:
paqueta
O futebol irreverente de Lucas Paquetá, foi um dos diferenciais da equipe rubro-negra. Dribles e velocidade estão presentes em seu repertório. O meia foi o homem do contra-ataque, e uma das principais armas do Flamengo.


Atacante: 

vizeu

Homem de frente do Flamengo, Felipe Vizeu foi, sem dúvidas, uma das revelações da competição. Além de marcar gols – praticamente em todos os jogos da Copinha -, o camisa nove auxilia nas jogadas, e exerce um bom papel no sistema ofensivo. Após uma bela campanha e, consequentemente, o título, Vizeu já está na equipe profissional, e será uma das sombras de Paolo Guerrero.


 

campo
As onze revelações da Copa São Paulo 2016
%d blogueiros gostam disto: