Último Superbowl – Carolina Panthers

Seguindo nossa série de matérias especiais sobre o Superbowl 50, hoje é dia de falar de como foi a última participação do Carolina Panthers , representante da NFC na disputa. Lembrando que a cobertura completa do Superbowl 50 será feita no nosso twitter, o @HTE__Sports. Sigam lá!

A temporada

Durante a temporada regular de 2003 o Panthers teve momentos de altos e baixos, conquistando um recorde de 11-5, vale destacar que a equipe teve 3 jogos vencidos na prorrogação, e placares muito apertados que poderiam ter tirado a equipe dos playoffs, com a Seed #3 da NFC, enfrentou o Dallas Cowboys no wild card e venceram por 29-10, na semana seguinte no divisional tinham uma dura tarefa o Rams do garoto Marc Bulger, e após duas prorrogações e uma recepção de 69 jardas de Steve Smith Sr. A equipe se qualificara para a final de conferencia, onde em um jogo de poucos pontos venceram os Eagles de Donavan McNabb e avançaram para o Superbowl.

super_bowl_xxxviii_panthers_vs_patriots_match_up_photofile
Poster do superbowl XXXVIII entre Patriots vs Panthers

O Superbowl

No grande dia o Carolina Panthers tinha pela frente o New England Patriots de Bill Belichick, no Reliant Stadiuem (atual NRG stadium), em Houston no Texas o Panthers orquestrados pelo QB Jake Delhomme buscava superar a excelente defesa dos Patriots com gandes nomes como, Willie McGinest, Mike Vrabel, Ted Bruschi e Richard Seymour. A equipe da Carolina contava com bons nomes defensivos com Sean Witherspoon, Julius Peppers e Mike Minter.

A partida começou com punt logo de cara dos Panthers e na sequencia uma boa campanha de Tom Brady levando a equipe a posição de FG, porem Adam Vinatieri não converteu, Jake Delhomme não conseguia sequer uma primeira decida e no final do primeiro quarto, Patriots teve um FG bloqueado encerrando assim empatado o em 0 a 0 o quarto.

TD e apos longa corrida de DeShaun Foster Fonte: Bob Rosato/Sports Illustrated

A Tonica do jogo se mantinha a mesma ate que no meio do segundo quarto Mike Vrabel forca um fumble em Delhomme já colocando New England em posição de pontuar e assim uma recepção de 5 jardas de Deion Branch anotou o primeiro TD da noite, mas com boas jogadas e passes do QB dos Panthers, Steve Smith empata o jogo no drive seguinte com recepção de39 jardas , só que Brady em uma campanha de 48 segundos e 78 jardas anota outro TD o jogo vai para o intervalo em 14 x 10, após um FG convertido por John Kasay.

O terceiro quarto ambas as equipes terminaram zeradas, com as defesas voltando a prevalecer, mas no inicio do ultimo período Antowain Smith corre 2 jardas e Poe o jogo em 21-10, campanha rápida de Carolina e DeShaun Foster corre 33 jardas e anota mais um Touchdown e após uma 3 and out do Patriots, Delhomme lança para Muhsin Muhammad fazer 22 – 21 e virar o jogo (nos dois últimos TD tentaram a conversão de dois pontos e erraram). Se aproximando do final do jogo Patriots chega novamente no campo de ataque e em 4 minutos chegou a linha de 1 jarda do Panthers, e com direito ao DT Richard Seymour e o LB Mike Vrabel elegíveis para passe Brady lança para Vrabel e anota seu Touchdown, Kevin Faulk converteu os dois pontos pondo o jogo em 29-21 para os Patriots.

O Panthers com 2:51 para empatar o jogo fez mais uma campanha explosiva e em 1:43 Ricky Proehl anota mais um TD e empatar o jogo novamente o problema foi ter deixando 1:09 para Tom Brady que conduziu mais um belo drive e Adam Vinatieri converteu um FG 41 jardas, estabelecendo números finais ao jogo 32-29.

Field Goal da vitória dos Patriots convertido por Vinatieri

Números:

Jake Delhomme – 16/36, 323 jardas e 3TD

Muhsin Muhammad – 4 recepções, 140 jardas, TD

Steve Smith Sr. – 4 recepcões, 60 jardas, TD

Quer acompanhar tudo sobre a NFL? Siga no twitter nossos parceiros do @ExpressoTD e fique por dentro de tudo que ocorre na liga mais emocionante dos esportes!

Remisson Negreiros

Um brasileiro, louco por NFL e adora uma boa discussão, fala umas groselhas em outros sites. e no twitter @remissonplay10

%d blogueiros gostam disto: