ATP 1000 Miami – Mais uma semifinal para o sérvio

Ninguém para o sérvio Novak Djokovic, na noite de ontem ele conseguiu mais uma vitória, se credenciando para as semifinais do Masters 1000 de Miami, vai enfrentar uma das sensações do momento, o belga David Goffin – que eliminou o francês Gilles Simon com parciais de 3/6, 6/2 e 6/1, em quase 2h de partida.

A vitória do número 1 do mundo, foi sobre um freguês frequente, o checo Tomas Berdych, duplo 6/3 em 1h39min. Em 25 partidas, Novak conta com 23 vitórias.

No primeiro set Djokovic imprimiu um forte ritmo, ele continua errando muito, mesmo assim seus adversários não conseguem jogar, Berdych conseguiu apenas uma quebra, o checo teve apenas 10% de pontos ganhos com o segundo serviço, e 68% com o primeiro. Outro dado que assusta foram os erros não forçados, o número 7 do mundo teve 25 erros, contra apenas 4 do seu adversário, ou seja, Tomas não jogou.

Kaka acompanha o jogo do sérvio. Foto: Instagram
Kaka acompanha o jogo do sérvio. Foto: Instagram

O segundo set não foi diferente, o checo teve muitos problemas com o saque, foram 3 duplas faltas e nenhum ace, por outro lado Novak não teve seu saque ameaçado, o que vemos é que Berdych insiste no jogo de fundo de quadra, assim ele simplesmente não aguenta o ritmo, pois a bola do Nole é cada vez mais funda, mais angulada. Caso Tomas quiser mudar esse retrospecto ele precisa mudar seu jogo, buscar novas alternativas, subir à rede, tudo bem que do outro lado temos o jogador mais completo da atualidade, mais o jogo que foi demonstrado ontem pelo adversário ajudou bastante. Nem as fortes dores nas costas – Novak pediu atendimento médico – foi capaz de bater o sérvio, que busca o recorde de títulos no Masters 1000.

%d blogueiros gostam disto: