ATP 1000 Miami – Um fim de semana para esquecer

O Brasil teve um fim de semana muito ruim no segundo Masters 1000 do ano, que acontece em Miami.

A primeira decepção veio ontem (sábado), quando o melhor brasileiro ranqueado, o paulista Thomaz Bellucci, sentiu fortes dores nas costas e desistiu da partida.

O jogo estava bastante disputado, com várias quebras e bastantes erros, Bellucci acabou vencendo por 7/5. No segundo o set o cazaque Mikhail Kukushkin voltou melhor, o brasileiro não teve nenhuma oportunidade de quebra, e foi facilmente derrotado por 6/3. Quando ia começar o terceiro e decisivo set, Thomaz desistiu de continuar – é a 6ª vez que o brasileiro abandona uma partida.

Bellucci sente dores nas costas e abandona. Imagem: Thiago Quintella
Bellucci sente dores nas costas e abandona.
Imagem: Thiago Quintella

A saúde do paulista é preocupante, seu técnico João Zwetsch em entrevista chegou a dizer que que o jogador está se consultando com vários especialistas, para buscar explicações: “estamos tentando fechar com todas as possibilidades, fazendo tudo, todos os exames. Ele vai do zero, desidrata, sente câimbras e fica sem competir”, afirmou João.

Thomaz jogando ao lado do brasileiro André Sá, ainda chegou a ser eliminado no jogo de duplas, para Philipp Petzschner e Alexander Peya (ex companheiro do Bruno Soares), 2 sets a 0 – com parciais de 6/4 e 6/2.

A terceira decepção do dia veio com a eliminação de Bruno Soares, jogando com seu parceiro o inglês Jamie Murray, lutou bastante, mas foram derrotados pelos experientes Raven Klaasen/Rajeev Ram. O primeiro set foi de Soares/Murray com 6/3, os adversários devolveram o mesmo placar no segundo set, a partida foi então para o super tie-break. Klaasen/Ram levaram a melhor, venceram por 10-7 e se classificaram para a próxima rodada.

Apesar da eliminação, Murray amanhã será o novo número 1.
Apesar da eliminação, Murray amanhã será o novo número 1.

O pior ainda estava por vir, hoje Marcelo Melo e Ivan Dodig foram eliminados, a dupla Treat Huey/Max Mirnyi precisou de 2 sets para vencer os cabeça-de-chave número 2, parciais de 7/6 e 6/4. Essa derrota custou cara para o brasileiro, sem conseguir defender os 360 pontos conseguidos ano passado, Melo perdeu a posição de número 1 do mundo, para o britânico Jamie Murray. A primeira posição do ranking foi conseguida pelo brasileiro no último dia 02 de novembro de 2015, desde lá, ele não conseguiu bons resultados, que acabou culminando na tomada do posto mais importante do mundo do tênis.marcelo 1 Sem títuloAgora é esperar a temporada do saibro europeu, e torcer para bons ventos para os brasileiros.

%d blogueiros gostam disto: