Confrontos inéditos e rivalidades locais marcam as oitavas da UEFA Europa League

Nesta quinta, (10), começa a fase de oitavas-de-final da UEFA Europa League e falaremos um pouco sobre cada um dos confrontos.

Shakhtar Donetsk x Anderlecht:

Se encontrando pela primeira vez na história, ucranianos e belgas tendem a fazer um jogo ofensivo e intenso. Ambos venceram a competição apenas uma vez e quando se chamava Taça da UEFA. O Shakhtar foi campeão na temporada 2008/09, a última antes da competição passar a se chamar UEFA Europa League, após vitória por 2-1 na prorrogação sobre o Werder Bermen. A final teve somente gols brasileiros com Luiz Adriano e Jádson (o decisivo) pelo lado dos campeões e Naldo pelo lado dos vices. Já o Anderlecht venceu a competição em 1982/83, quando a decisão era disputada em dois confrontos, em cima do Benfica (2-1 no agregado).

Em jogos contra equipes belgas, a equipe de Donetsk tem 2 vitórias, 5 empates e 1 derrota. Todos os jogos contra o Club Brugge. Por sua vez, a equipe de Bruxelas tem seis jogos contra ucranianos e um retrospecto de 5 vitórias e 1 derrota (4-0 para o Dínamo de Kiev no ano 2000, última vez que viajou ao país).

O Shakhtar venceu apenas um dos últimos cinco jogos em casa jogando por competições europeias. Na Arena Lviv, eles não vencem pela Europa League desde outubro de 2009. Foram 3 empates e 1 derrota nos últimos quatro jogos. O Anderlecht venceu os últimos dois jogos (ambos contra o Olympiacos na fase anterior) em competições europeias após passarem 13 jogos sem conquistar sequer uma vitória (foram 6 empates e 7 derrotas).

*A distância entre as cidades-sede das duas equipe é de 1.400 km

Fred e Stepanenko, ambos do Shakhtar, estão suspensos para o primeiro combate.

Palpite: Shakhtar

Basel x Sevilla:

Mais um dos muitos confrontos inéditos nessa fase de mata-mata, esse na teoria é mais desequilibrado. Na teoria. O Sevilla tem um elenco que custa 193,10 milhões de euros, enquanto o elenco do Basel custa 55,58 milhões (dados do Transfermarkt). Entendam que disse “teoria”, pois a diferença dos valores são absurdos e dá-nos uma visão de que os espanhóis têm um elenco muito melhor, e de fato tem. Porém, jogar na Suíça não é nada fácil. O time da Basileia joga fechado, compacto e objetivo. A verdade é que a maioria dos jogos que envolve essa equipe, são jogos difíceis de serem assistidos. Os Rojiblancos também não têm um estilo de futebol atrativo, mas são também são objetivos e buscam sempre o gol.

O retrospecto do Basel contra equipe espanholas: 2 vitórias, 4 empates e 10 derrotas. Dentre esses 10 jogos perdidos, a pior derrota em competições europeias (5-0 para o Barcelona) e a pior derrota na Liga Europa (5-0 contra o Valencia após prorrogação). Já o histórico do Sevilla diante de equipes suíças tem apenas um jogo, e foi uma vitória por 4-0 contra o Zurich.

Na fase de mata-mata da temporada passada, os atuais e maiores campeões da competição (são 4 títulos) perderam apenas um jogo até serem campeões. O Sevilla será a primeira equipe da história a disputar essa fase pela terceira vez consecutiva. A melhor campanha do Basel da Europa League foi na temporada 2012/13 quando foram eliminados na semifinal para o Chelsea.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 1.600 km

Émbolo, do Basel, é o único suspenso para o jogo.

Palpite: Sevilla

St. Jakob-Park, estádio do Basel e palco da final da UEL.
St. Jakob-Park, estádio do Basel e palco da final da UEL.

Villarreal x Bayer Leverkusen:

Villarreal x Bayer Leverkusen não é mais um dos confrontos inéditos nessa fase (Risos). As duas equipes já se enfrentaram outra vez, também pela Europa League, e com duas vitórias dos espanhóis. Em casa o “submarino amarelo” venceu os alemães por 2-1 enquanto fora venceram por 2-3. Rossi e Nilmar foram os heróis nesse confronto.

Esse próximo jogo tem tudo para ser incrível. Prevejo dois times ofensivos, mas sem perder a compostura na defesa. o Villarreal bem técnico e objetivo enquanto o Leverkusen também é objetivo mas usa mais da velocidade e habilidade. Tem tudo para ser um dos melhores jogos dessa oitava-de-final.

Nessa temporada, os amarelos espanhóis venceram todos os jogos dentro de casa nas partidas anteriores sem tomar nenhum golzinho (1-0, 4-0, 1-0, 1-0). As duas melhores campanhas do Villarreal na Europa League foram em 2003/04 e 2010/11 e, em ambas, foram eliminados pelos eventuais campeões (Valencia e Porto respectivamente).

Na última vez que o Leverkusen chegou nesta fase, foi exatamente quando enfrentaram os adversários da atual temporada. Antes disso chegaram as quartas-de-finais em 2007/08 e foram campeões da Taça da UEFA na temporada 1987/88 após vencer o Espanyol nos pênaltis.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 1.350 km

Não há nenhum jogador suspenso para esse jogo.

Palpite: Villarreal

Athletic Bilbao x Valencia:

Um dos dois confrontos locais que terão nessa fase da Liga Europa. São 174 jogos, 65 vitórias do Athletic, 41 empates e 68 vitórias do Valencia contando jogos do Campeonato Espanhol e Copa do Rei. São muitos jogos, porém, os clubes nunca se enfrentaram antes em uma competição europeia. Tem tudo para ser um jogo equilibrado assim como o retrospecto mostra.

O Athletic tem 3 jogos contra equipes espanholas em competições europeias, com o retrospecto de 1 vitória, 1 empate e 1 derrota. A derrota foi  por 3-0 para o Atlético de Madrid, na temporada 2011/2012, em Bucareste. Esse foi um dos dois vice-campeonatos da equipe basca, sendo o outro em 1977 quando perderam para a Juventus. Esta é a primeira vez que chegam nessa fase desde a participação mais recente na final da competição. Estão invictos há seis jogos europeus, juntado 4 vitórias, 2 empates e um placar agregado de 10-0.

O Valencia por sua vez, tem 15 jogos contra espanhóis em competições europeias, somando 7 vitórias, 3 empates e 5 derrotas. Uma dessas derrotas foi em 2000, na final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid (3-0). A última melhor campanha da equipe foi a disputa das semifinais na temporada 2013/14. Antes disso, a melhor campanha foi a do título na temporada 2003/04 (venceram o Olympique de Marseille.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 500 km.

Não há nenhum jogador suspenso para esse jogo.

Palpite: Valencia

Sparta Praha x Lazio:

Tchecos e italianos já se enfrentaram outras 4 vezes na história, todas pela Liga dos Campeões, com 2 vitórias da Lazio, 1 empate e 1 vitória do Sparta Praha. A Lazio tem um time melhor para o jogo dessa temporada e tem tudo pra sair com a vitória no placar agregado.

O histórico do Sparta Praha contra times italianos é de 22 jogos com 3 vitórias, 9 empates e 10 derrotas. A equipe está invicta contra times desse país nos últimos quatro jogos em casa (2 vitórias e 2 empates). Os Tchecos não perdem na Europa League há 10 jogos (6 vitórias e 4 empates). Sua melhor campanha foi na temporada 1983/84 quando chegaram até as quartas-de-finais.

A Lazio também vem de alguns jogos sem perder, são oito ao todo, com 5 vitórias e 3 empates. Só não sofreu gol em um desses jogos. A melhor campanha dos italianos foi na temporada 1997/98 quando perderam por 3-0 na final para a Iternazionale.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 900 km.

Não há nenhum jogador suspenso para esse jogo.

Palpite: Lazio

Fenerbahçe x Braga:

Esse sim é um confronto inédito. Mais um, na verdade. O jogo deve ser equilibrado mesmo com a equipe turca tendo mais elenco e mais tradição. Os portugueses gostam de surpreender e sempre dão trabalho contra equipes mais fortes.

Contra equipes portuguesas, o Fenerbahçe tem 8 jogos, 4 vitórias e 4 derrotas, sendo a mais recente contra o Benfica na semifinal da temporada 2012/13. Essa foi a melhor campanha da equipe turca que não perde há sete jogos europeus (3 vitórias e 4 empates).

O Braga contra turcos tem um retrospecto muito bom. São 6 jogos, 4 vitórias e 2 derrotas, sendo que nos últimos três confrontos NA TURQUIA a equipe venceu todos e não sofreu sequer um gol. Sua melhor campanha foi na temporada 2010/11 quando chegou na final e foi derrotado para os rivais do Porto por 1-0.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 3.100 km (maior distância dentre todos os confrontos).

Diego, do Fenerbahçe, é o único suspenso para a primeira partida.

Palpite: Braga

Borussia Dortmund x Tottenham:

Uma luta pelo título da Bundesliga, a outra pelo título da Premier League. Uma partida de tirar o fôlego. Dois times que jogam bonito, de forma bastante ofensiva e com boa postura na defesa. É um confronto inédito em competições europeias, porém, as equipes já se enfrentaram em quatro amistosos, com três vitórias do Tottenham e um empate.

O Borussia tem um retrospecto de 19 jogos contra clubes ingleses, somando 9 vitórias, 4 empates e 6 derrotas. São dois vices na competição: contra a Juventus na temporada 1992/93 e contra o Feyenoord em 2001/02. A equipe marcou 20 gols até agora na competição (em 6 jogos).

Os Spurs têm 16 jogos, 9 vitórias, 2 empates e 5 derrotas contra equipes alemãs. Em 1995 foram surrado pelo Koln na Copa Intertoto por 8-0. O Tottenham é bi-campeão da Europa League (em 1972 contra o Wolverhampton e em 1984 contra o Anderlecht). Ainda tem um vice-campeonato contra o Feyenoord (aliás uma coincidência entre as duas equipes) em 1974.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 500 km.

Delle Alli, do Tottenham, é o único jogador suspenso para a próxima partida.

Palpite: Borussia Dortmund (essa foi difícil)

LIVERPOOL X MANCHESTER UNITED:

Meu Deus! Os corações não vão aguentar. Porquê, deuses do futebol? Deviam ter guardado mais pra frente.

O maior clássico da Inglaterra! Um dos maiores clássicos do mundo! Duas potências! Dois times históricos!

O duelo tende a ser disputado, brigado e muito bom. Hoje vejo o Liverpool jogando melhor e mais bonito do que o Manchester United. Ambas as equipes têm na Europa League a chance de se garantir na próxima Liga dos Campeões e de salvar a temporada. Essa será a primeira vez que os dois maiores campeões ingleses se enfrentam em competições europeias. Ao todo são 193 jogos com 79 vitórias dos Red devils, 51 empates e 63 vitórias dos Reds.

Contra equipes inglesas os vermelhos de Manchester têm um retrospecto de 7 jogos, 5 vitórias, 1 empate e 1 derrota contra equipes inglesas em competições europeias. Sua melhor campanha foi na temporada 1984/85 quando chegaram até as quartas-de-final. Essa é a única competição importante da UEFA que os Red devils não ganharam.

O Liverpool por sua vez, tem um retrospecto de 16 jogos, 4 vitórias, 7 empates e 5 derrotas contra ingleses em competições europeias. Nunca venceu fora de casa em nenhum desses jogos. São 8 jogos de invencibilidade nesta temporada da UEL (3 vitórias e 5 empates). Na temporada passada os Reds caíram na fase de 16 avos para o Besiktas mas têm 3 títulos da competição, o 4º mais bem sucedido.

O último jogo entre ingleses na Taça UEFA/UEFA Europa League foi em 1972/73, em uma semifinal, foi entre Liverpool e Tottenham. Os vermelhos saíram vencedores.

O jogo de volta, que será no dia 17 de Março, cai no dia das comemorações do Dia de São Patrício, um dos padroeiros irlandeses e nada melhor que comemorar a data assistindo um duelo entre as equipes inglesas preferidas entre o povo irlandês.

*A distância entre as cidades-sede das duas equipes é de 45 km.

Lingard, do Machester United, é o único jogador suspenso para o próximo jogo.

Palpite: Liverpool

Lucas Tinoco

21 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: