Futebol Feminino no Brasil

Como sabemos, o futebol profissional feminino não tem o respeito e reconhecimento que merece em nosso país, até o ano passado tivemos apenas 3 campeonatos nacionais e as equipes sofriam muito para manter o elenco e disputar o campeonato.

Apenas em 2013 que o campeonato começou a ser disputado, porém ano após ano o campeonato ganha seu espaço e é se torna mais disputado.

No final do mês se inicia a segunda fase da competição, onde 8 clubes divididos em 2 grupos disputarão quatro vagas nas semifinais da competição.

Para manter a Seleção Feminina em forma e aumentar o nível da competição, o CBF promoveu em Fevereiro um Draft (processo de escolha adotado nos esportes estadunidenses) e 14 jogadoras do elenco fixo da seleção foram escolhidas pelos clubes (6 clubes com 2 escolhas e 2 com apenas 1).

Ferroviária, Foz Cataratas, Rio Preto e São Francisco integram um grupo e Corinthians, Flamengo, Iranduba e São José o outro.

É interessante a inclusão de equipes de todas as regiões do país na competição, clubes da, Amazonas, Pará, Brasília e entre outros estados que não possuem representação na elite do futebol nacional. O futebol feminino ainda engatinha em nosso país, lamentavelmente, por isso decaímos tanto em comparação a outros países, os outros países promovem e ajudam muito mais o desenvolvimento das meninas que praticam o esporte.

Por mais que muitos discordem, o Brasil é um país machista, quantas vezes vemos notícias que enaltecem a beleza das mulheres no estádio?  Qual a diferença de uma mulher e de um homem que vai torcer pelo clube de coração? Ainda tratamos as mulheres como objeto de decoração no estádio, àquilo que torna o estádio mais bonito. Vamos à internet buscar informações sobre o Campeonato Brasileiro, comparem o público, comparem a renda, comparem o investimento feito.

Marta, Formiga, Cristiane e entre outras são vencedoras por si só, não contaram com o apoio de ninguém, elevaram a Seleção Brasileira ao patamar das potências com suas próprias forças e apoiar o futebol feminino não é nenhum favor, que “país do futebol” é esse? No nosso país só existem homens?

Renan Thierre

Antigamente comia areia e catarro, futuramente um professor de História, atualmente editor no HTE Sports e finge que entende de futebol e outros esportes.

%d blogueiros gostam disto: