MOSTRA TEU VALOR #3 – Não é hora para vacilar

Lá vamos nós outra vez para um jogo decisivo. Ok, qualquer partida em mata-mata deve ser tratada como uma final, mas por que o Esporte Clube Vitória gosta tanto de se complicar? Após um triunfo irretocável no clássico Ba-Vi, o rubro-negro baiano viajou até Guanambi para enfrentar o Flamengo, time local, e com uma péssima atuação, acabou sendo derrotado pelo placar de 1×0. Para avançar às semifinais do Campeonato Baiano, basta vencer por qualquer placar. Caso o pior aconteça, amargaremos mais uma vergonha e, consequentemente, mais um ano fora da disputa da Copa do Nordeste.

Não preciso nem explicar o título deste texto não é mesmo? Não é hora para vacilar. Há um ano vivenciamos essa situação. Ao perdermos por 2×0 para o Colo Colo, no Barradão, em uma noite de sábado (assim como o jogo de amanhã), fomos eliminados do Baiano e perdemos a classificação para a Copa do Nordeste. Isso gerou uma “revolução” no time, inclusive com a renúncia de Carlos Sérgio Falcão.

Mas não é de hoje que o Vitória costuma vacilar quando precisa fazer o mínimo. Em um histórico recente, podemos lembrar do Brasileirão de 2010. Chegamos na última rodada precisando fazer apenas 1×0 no Atlético/GO para escapar do rebaixamento. No entanto, empate em 0x0 e a missão não foi cumprida.

Em 2013, empolgados pelas goleadas de 5×1 e 7×3 em cima do rival baiano, encaramos o Salgueiro na Copa do Brasil. Empate em 0x0 na ida. Tínhamos tudo para classificar, mas acabamos empatando com gols e fomos eliminados. No ano seguinte foi ainda pior. A partida contra o JMalucelli foi para os pênaltis após dois empates em 1×1 e novamente sofremos uma eliminação em casa.

Poderia parar para pesquisar outros exemplos, mas não se faz necessário. Já sabemos o suficiente para reafirmar que neste sábado (26), às 18h30, no Barradão, não é hora de vacilar. Jogue com raça, Vitória. Mostre o teu valor! Estaremos te apoiando até o último segundo, mas, com certeza, se após o apito final o resultado não vier, a vergonha e a cobrança serão cada vez maiores.

Foto: Marcello Góis / Arena Rubro-Negra


Você pode sugerir pautas, assuntos, deixar críticas e conversar comigo aqui no espaço dos comentários ou através do meu Twitter @heiderzito. Não deixe de acompanhar também o site Arena Rubro-Negra, maior portal dedicado exclusivamente à torcida do Leão da Barra e site que também faço parte.

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes. Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: