Golden State Warriors – O mágico número 73

Quando se iniciou a temporada regular da NBA, o Golden State Warriors já era visto por muitos como o grande favorito ao título da NBA. Atual campeã, a equipe de Oakland manteve a base e contou com um Stephen Curry em grandes noites para um início avassalador. Foram 24 vitórias seguidas para abrir a temporada até a primeira derrota, que só ocorreu praticamente dois meses após o início da temporada 15/16.

Após essa incrível sequência de vitórias, era natural imaginar até onde o Warriors iria na temporada regular: será que a equipe comandada por Steve Kerr chegaria ao incrível recorde de 72 vitórias numa temporada, que apenas o Chigaco Bulls de Michael Jordan, Scottie Pippen e Dennis Rodman conseguiu?

Curry recorde

O Warriors seguiu amassando adversários. Enfrentou o San Antonio Spurs e venceu por 30 pontos de vantagem. Foi até Cleveland jogar contra o Cavs e impôs a maior derrota da carreira de LeBron James, ao vencerem por 132×98. Contra o Thunder, em Oklahoma, Curry fez DOZE bolas de 3 e liderou o Warriors a outra impressionante vitória. As demonstrações de força da equipe vinham em sequência e era cada vez mais próximo o recorde.

Mas, em uma temporada longa como a da NBA (que tem 82 jogos para cada equipe), é natural que ocorra uma oscilação. Coisa que não ocorreu com o Golden State Warriors. O time passou toda a temporada sem perder jogos seguidos, algo nunca alcançado antes. A cereja no bolo da temporada quase perfeita  do Warriors veio no último domingo, após vencer o Spurs em San Antonio e quebrar a chance do adversário chegar a marca de 41 vitórias em 41 jogos em casa.

Com o recorde sacramentado, é interessante avaliar alguns números da equipe do Warriors na temporada: Stephen Curry terminou a temporada com o famoso 50-40-90 (50% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 40% nas bolas de 3 pontos e 90% na linha de lance livre). Além de tudo, foi o primeiro jogador a chegar a 400 bolas de 3 convertidas na temporada. Antes dele, ninguém tinha passado das 270 (!!!). Outro ponto muito importante da vitoriosa temporada do Warriors é Draymond Green. O ala fez 80 jogos e teve médias de 14 pontos, 9.5 rebotes e 7.4 assistências.

Pra fechar, é inevitável a comparação com o Bulls de 95/96. Vamos a alguns números:

. Golden State Warriors 15/16: 114.9 pontos por jogo, 104.1 pontos sofridos por jogo, 48.7% FG, 13.1 bolas de 3 convertidas por jogo, 46.2 rebotes por jogo, 28.9 assistências por jogo.

. Chicago Bulls 95/96: 105.2 pontos por jogo, 92.9 pontos sofridos por jogo, 47.8% FG, 6.6 bolas de 3 convertidas por jogo, 44.6 rebotes por jogo, 24.8 assistências por jogo.

 

Geisson Pereira Miranda

Mineiro, 21 anos. Estudante de Administração na Universidade Federal de Ouro Preto. Acompanha especialmente basquete, futebol americano, tênis e, claro, futebol.

%d blogueiros gostam disto: