HOSPÍCIO #54 – A audácia venceu

Um jogo marcante. Assim podemos descrever em três palavras o último Corinthians x Audax, pela semifinal do Paulistão, em que o Audax foi o vencedor pelos detalhes, mas no geral, quem ganhou foi o esporte.

hospício

Como não se via há muito, o Audax equilibrou o jogo contra o Corinthians, coisa que desde o meio de 2015, foi muito raro de se ver. Muito além disso, o time de Osasco foi melhor em alguns momentos da partida (não todos) e, podemos dizer, mereceu a vitória. No primeiro tempo perdemos muitos gols com Alan Mineiro e André, que poderiam ter mudado a história do campeonato Paulista. E com uma felicidade incrível, e não muito comum, o Audax colocou a bola no ângulo duas vezes, no mesmo canto, em cada uma das traves da Arena Corinthians. Que audácia!

Isso não significa que está tudo errado, que o trabalho de Tite é falho ou algo do gênero. Mas o sinal amarelo foi ligado. Apesar de muitos não considerarem, mas o Audax jogou como muitos times de Série A e Libertadores não fazem, porém há de se tomar mais cuidado na recomposição defensiva (falha nos dois gols tomados), e o posicionamento do cabeça de área e dos meias mais recuados, para evitar chutes ao gol (indefensáveis ao goleiro, bom se dizer) como os de sábado não aconteçam mais. Treinamento de pênaltis também devem ser reforçados

Fica o parabéns ao Audax e ao ídolo e presidente do clube, Vampeta. Foi merecido, e certamente boa parte da Fiel torcida estará ao lado do time de Osasco na final. Bola que segue, e atenção total na Libertadores.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: