Rumo a consagração: ninguém vai querer perder a semifinal da Liga dos Campeões

A melhor competição internacional do mundo chega a sua penúltima fase. Real Madrid, Bayern de Munique, Atlético de Madrid e, pela primeira vez, o Manchester City disputarão por duas vagas e posto de melhores equipes da Europa.

Para cada treinador essa Liga dos Campeões terá um gostinho diferente.

Zidane: O treinador assumiu um tumultuado Real Madrid, conseguiu grandes resultados, arrumou a casa e pode conseguir o título da maior competição entre clubes do mundo já em sua primeira temporada

Guardiola: O treinador do Bayern já está certo no Manchester City para a temporada que vem e na sua última a frente dos bávaros, pode conquistar a sua quarta orelhuda (a terceira como treinador). Seria só mais uma ou essa teria um gosto especial? Afinal será a primeira no comando do time alemão, que não conquista a mesma desde 2013.

Simeone: Para esse, sem dúvidas, terá um gosto um tanto quanto maravilhoso. Na única vez que o treinador argentino chegou a uma final, perdeu para o maior rival. O título está engasgado e, com toda certeza e acreditando no espírito competitivo que tem, ele está torcendo para pegar os rivais de Madrid em uma eventual final. Caso conquiste, alguém duvida que terá um gosto delicioso?

Pellegrini: Sua primeira semifinal de Liga dos Campeões. Isso já é, sem dúvidas, um feito importante. Imagine conquistar esse tão cobiçado troféu? Para ele seria, talvez, impensável. Impensável porque essa foi uma temporada de muita oscilação. Porque essa é a sua última temporada. Um gosto de vingança (contra aqueles que o tiraram do comando dos Citizens e contra os torcedores que algumas vezes pediram sua cabeça), gosto inédito e gosto de dever cumprido. Talvez dentre todos, para esse a conquista da Champions League teria o melhor sabor.

Como de praxe, vamos a análise dos grandes jogos dessa semifinal:

Manchester City x Real Madrid:

aguero-vs-cr7

 

As duas equipes já se enfrentaram 2 vezes, na Liga dos Campeões temporada 2012/13. Os espanhóis ganharam uma e a outra partida acabou empatada.

Essa partida é bem difícil de comentar. Considerando a história das equipes e até mesmo os elencos, porém, o City já não era favorito nem para passar pelo PSG. Facilmente aponto o Real como favorito, mas quando penso que isso é futebol e neste esporte nem sempre a teoria se confirma, fico um pouco com o pé atrás com o meu próprio palpite. Aposto na equipe de Madrid principalmente porque decidirá em casa.

Curiosidades:

  • Essa é a 27ª vez que o Real Madrid disputará uma semifinal da competição. Seu retrospecto é de 13 vitórias e 13 derrotas;
  • Com a camisa do Manchester United, Cristiano Ronaldo soma 7 vitórias, 1 empate e 3 derrotas contra os Citizens. Foram 4 gols marcados;
  • Das 5 vezes que CR7 marcou contra os azuis de Manchester (4 pelo United e 1 pelo Real), a equipe dele venceu todas;
  • Do outro lado Aguero soma 12 jogos contra o Real Madrid e NENHUMA VITÓRIA(!!!). São 4 empates e 8 derrotas;
  • O argentino marcou 4 vezes contra o adversário dessa semifinial (3 pelo Atlético de Madrid e 1 pelo City.

Palpite: Real Madrid

Atlético de Madrid x Bayern de Munique:

guardiolasimeone2610a

Que jogo, amigos! Só um louco não gostaria de assistir um embate entre dois gênios. Simeone x Guardiola. QUE HOMENS!!

Os dois se enfrentaram apenas uma vez, e a vitória foi do espanhol (1×2). Porém, naquela época, Simeone tinha pouco mais de um mês a frente da equipe de Madrid. No final daquela temporada, Pep anunciou sua saída do Barcelona.

Essa partida é ainda mais equilibrada que a outra. O Atleti derrubou o (pelo menos tido como) melhor time do mundo, parou o trio MSN e tem uma das defesas menos vazadas da Europa. O Bayern passeia no Campeonato Alemão, mas sofreu algumas vezes nos últimos mata-matas da competição (principalmente contra Benfica e Juventus), mostra sinal de queda de rendimento, suas constantes goeladas avassaladoras vão ficando cada vez mais escassas, mas ainda é o Bayern, com toda sua tradição, e ainda o Bayern do Guardiola.

Não há dúvidas de que será um jogaço, com muito equilíbrio, times sólidos e dois treinadores fantásticos.

Curiosidades:

  • Em suas 4 partidas anteriores em semifinais, os Colchoneros não perderam nenhuma (3 vitórias e 1 empate);
  • Nas duas últimas temporadas em que o Bayern disputou a partida de ida, de uma semifinal, contra um time espanhol, na Espanha, a equipe perdeu todas;
  • Os bávaros venceram apenas duas das suas últimas 12 partidas na Espanha;
  • Quando treinador do Barcelona, Guardiola enfrentou o Atlético 10 vezes, vencendo 8 e perdendo 2;
  • O Bayern não venceu nenhum dos últimos sete jogos fora de casa e mata-mata (4 empates e 3 derrotas).

Palpite: Atlético de Madrid

Lucas Tinoco

20 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: