BACKCOURT NBA – O primeiro 100% MVP

A NBA divulgou nessa terça-feira o vencedor do prêmio de MVP da temporada regular. Como não podia deixar de ser, o armador Stephen Curry do Golden State Warriors foi eleito o jogador mais valioso da temporada. A “surpresa”, se é que se pode dizer assim, foi que todos os 131 votos de primeiro lugar do prêmio foram destinados ao camisa 30. Um prêmio e reconhecimento mais do que merecido para um atleta que realmente esteve acima dos demais durante toda a temporada e liderou a equipe que quebrou o recorde de vitórias na temporada regular

Além dos feitos da equipe, um número espetacular por si só já dá mostras do que foi a temporada de Curry: Foram nada menos que 402 bolas de três acertadas. O segundo colocado na história, para se ter uma ideia, fez “só” 270. Mas não podemos reduzir o jogo de Curry somente nas bolas de três. O armador evolui muito no crossover, deixando diversas vezes adversários falando sozinho, no handoff e nas infiltrações. Ontem, em jogo que não valia mais para a apuração do prêmio, bateu o recorde de pontos na prorrogação com 17, conduzindo sua equipe para 3 x 1 na série contra o Portland, ficando a um jogo das finais de conferência.

Além de tudo isso, outro dado marcante. A média de pontos de Curry de 30.1 por jogo ocorreu com o tempo absurdo de somente 34.2 minutos por jogo. É o menor tempo de quadra para jogadores com mais de 30 pontos por jogo na história da liga. Todos esses dados fazem a unanimidade ser incontestável para o prêmio de MVP. Feito que Shaquille O’Neal, em 2000, e LeBron James, em 2013, bateram na trave, faltando apenas 1 voto. Também mereciam a unanimidade na época, mas coube a Curry a honra de ser o primeiro 100% MVP da história da liga.

Curry é o 11º jogador a ganhar prêmios de MVP consecutivamente. Se alguém já merecia ser um MVP unânime, é ele.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: