MOSTRA TEU VALOR #8 – A festa e o alerta

Foto: Francisco Galvão / EC Vitória

É CAMPEÃO! Após três anos com o grito entalado na garganta, a torcida rubro-negra pode finalmente comemorar mais um troféu. O Vitória conquistou no domingo (8) seu 28º Campeonato Baiano, oitavo em cima do rival Bahia apenas neste século.

O JOGO

Entrando com a vantagem de poder perder por um gol de diferença, o Vitória se apoiou no regulamento e esqueceu de jogar. Apesar de ser a mesma equipe que fez 2×0 e poderia ter feito mais no jogo da ida, no Barradão, o time não entrou em campo na primeira etapa e viu o rival pressionar desde o primeiro minuto. Nem a zaga, elogiada durante a temporada, estava ligada no jogo. Peças como Marinho e Diego Renan, jogadores mais regulares durante o ano, pouco apareceram e quando apareceram não foram bem.

O gol do Bahia assustou. Cada ataque do adversário era um ataque cardíaco para os mais de 4 mil presentes na Fonte Nova e os outros milhões que acompanhavam a partida pelo rádio/televisão/internet. A demora de Vagner Mancini em mudar as peças durante a partida foi outro motivo de preocupação. Mas, no final das contas, o resultado não saiu do 1×0 e o título ficou com o time do Barradão.

Foto: Francisco Galvão / EC Vitória
Foto: Francisco Galvão / EC Vitória

A POLÊMICA

Após reclamar do pênalti marcado a favor do Vitória no primeiro jogo, o Bahia reclamou de um pênalti não marcado de Amaral em cima de Henrique. Foi um lance complicado, sem replay ninguém conseguiria afirmar com certeza se houve ou não infração. Mas o futebol é assim, o perdedor não sabe admitir a derrota e busca mil justificativas para desmerecer a conquista do outro. Até teorias da conspiração por causa do contrato assinado com o Esporte Interativo surgiram. Vê se pode?

O ALERTA

Ganhar um título é sempre algo espetacular. Aumenta a moral dos jogadores, a confiança do elenco e dá alegrias ao torcedor. No entanto, o Vitória não pode se contentar. O futebol apresentado na Fonte Nova não foi legal e jogando assim teremos problemas na Série A do Brasileirão. Que Vagner Mancini, Raimundo Viana, jogadores e torcedores consigam enxergar os erros cometidos nesse clássico para que eles sejam corrigidos e não mais repetidos nos jogos que estão por vir.

É HORA DE FAZER A FESTA, MAS NEM TANTO

Analisado o duelo e ligado o alerta, é hora de comemorar. Temos que fazer isso. Sair às ruas com o manto rubro-negro, ligar para os amigos tricolores e fazer aquela zoeira saudável, tudo isso é muito válido. Mas a comemoração não deve tapar nossos olhos para os próximos desafios que vem por aí. Copa do Brasil e estreia no Brasileirão estão chegando e é preciso estar ligado para que o Vitória possa fazer uma excelente temporada.


Você pode sugerir pautas, assuntos, deixar críticas e conversar comigo aqui no espaço dos comentários ou através do meu Twitter @heiderzito. Não deixe de acompanhar também o site Arena Rubro-Negra, maior portal dedicado exclusivamente à torcida do Leão da Barra e site que também faço parte.

Heider Mota

Baiano, 19 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes. Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: