HOSPÍCIO #61 – Corinthiano maloqueiro e SOFREDOR

Graças a Deus. O jogo contra o Coritiba, na sexta rodada do Brasileirão, teve todos os aspectos que o corinthiano gosta. Emoção, raça, redenção e gols no final. Um jogo para ficar na memória do Brasileirão e do Corinthians.

hospício

São jogos como esse que trazem à tona o sentimento de qualquer corinthiano. Não um sentimento comum, o sentimento de raiz do que é ser realmente corinthiano. Provavelmente, uma mistura de todos os sentimentos já vividos desde 1910. Um sentimento que só o corinthiano é capaz de sentir, mas nem ele é capaz de explicar 100% o que é, tamanha a complexidade deste.

Porém, o sentimento de maior destaque, dentre o turbilhão, é o de sofrimento, que todos da Fiel torcida estufam o peito e se orgulham em dizer que sentem. É o sentimento que descreve o corinthiano da melhor maneira; e não poderia ser diferente.

Reviravoltas à curtíssimo prazo (como dentro de 90 minutos, como foi na última rodada), à um prazo relativamente longo (como a queda para a Série B em 2007 e o tricampeonato da Copa do Brasil em 2009), ou em longos prazos (como os 23 anos na fila e o título de 1977); são essas reviravoltas que marcaram e marcam a história do Corinthians, e, claro, todas elas vieram e virão carregadas de sofrimento. Sofrimento que faz o coração do corinthiano pulsar de forma única, que faz com que, ao passar, o corpo sinta uma sensação de plenitude, euforia e alegria imensuráveis. Faz com que o sentimento de raiz de ser e estar corinthiano aflore, e que as seguintes palavras sejam ditas: “Obrigado Deus por me fazer Corinthians”, e se tenha uma certeza maior: não é só futebol.

Corinthiano maloqueiro e sofredor. O graças a Deus pode ser resumido em função de todos os sentimentos e momentos descritos acima.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: