O que esperar de Carlo Ancelotti no Bayern?

Texto: Franklin Maurício

O mais novo técnico do Bayern, que vem para substituir o catalão Pep Guardiola, que fez o Bayern se tornar um Barcelona(lê-se time sem alma) e consigo, traz esperanças aos torcedores do Gigante da Baviera: a esperança de o Bayern voltar a ser Bayern, de retroceder aos tempos de garra  em campo, de vontade, o sempre ”agradável” sangue, suor e lágrimas dos Bávaros. O Italiano chega para levar os alemães novamente ao êxito europeu, Ancelotti, que conta com 3 taças europeias em seu currículo(sendo duas com o time do Milan e a outra, mais recentemente a ”décima” do Real Madrid), tem a missão de superar o superestimado Guardiola no Bayern.

Pep v Ancelotti

Mas afinal, o que esperar de Ancelotti? Apenas títulos alemães? Copas da Alemanha? A sexta taça?… Tudo isso. Desta vez, os bávaros podem sim almejar ainda mais alto, com Carlo, a tendência é ser diferente. Ter um time mais com o jeitão alemão de jogar futebol, não com o jeito teatral de Guardiola. O Bayern JAMAIS foi e JAMAIS será um time de teatro como Pep queria e para o infortúnio, conseguiu em muitos momentos. Podemos esperar um time obviamente bem arrumado, como é costume deste célebre treinador italiano, vontade e empenho nos 90 minutos.

Ancelotti v Benitez
Comparação entre Carlo Ancelotti e Rafa Benitez no Real Madrid.

AncelottiPode-se esperar um Bayern padrão Real Madrid, com um 4-3-3, contando com os sem lesão Robben e Ribery, e Lewandowski comandando a ofensividade do campeão alemão. Thomas Müller, que é o símbolo de torcedor/jogador, ídolo da torcida, tem tudo para fazer a diferença, agora, ele poderá jogar ainda mais solto e com a garra de sempre. Com a chegada de Hummels, o sistema defensivo dos alemães tem tudo para ficar ainda mais consistente, sem invenções malucas e seguindo o padrão, o quinteto defensivo ficaria com: Neuer, Lahm, Boateng(Martinez), Hummels(Benatia) e Alaba(Bernat). Ainda sob essa ótica, é perceptível que o Bayern de Munique possui de um setor defensivo de mais experiência e técnica do mundo, fazendo-se assim, com a melhor resguarda do planeta bola. Seguindo nesta visão, os bávaros, sem as lesões, possuem o melhor plantel do mundo.
GotzeA grande dúvida na Baviera continua sendo Mario Götze, com o já conhecido interesse do Liverpool, o meia segue sendo descartado por Ancelotti que já avisou que não pretende contar com o campeão mundial. Jürgen Klopp já deixou claro que quer contar com Mario no Anfield Road, todavia Götze já afirmou que pretende continuar esquentando o banco e ”lutando por seu espaço” na Allianz Arena. O meia, entretanto, deverá ser negociado.

 

Abaixo, estão alguns ‘tentos’ conquistados pelo italiano ao longo de sua gloriosa carreira, seja de jogador ou como técnico.

Ancelotti²
3 Ligas dos campeões(Real e Milan 2x), 3 Supercopas europeias(Real e Milan 2x), 2 Mundiais de Clubes(Real e Milan), 1 Premier League(Chelsea), 1 F.A CUP(Chelsea), 1 Supercopa da Inglaterra(Chelsea), 1 Campeonato Italiano(Milan), 1 Copa da Itália(Milan), 1 Supercopa da Itália(Milan), 1 Campeonato Espanhol(Real Madrid) e 1 Campeonato Francês(PSG)

Como jogador da Roma: 4x Campeão da copa da Itália (1979-80, 1980-81, 1983-84, 1985-86)

1x Campeão Italiano (1982-83)

 

Como jogador do Milan: 2x Campeão italiano (1987-88, 1991-92)

1x Campeão da Supercopa da Itália (1988)

2x Campeão da UEFA Champions League ( 1988-1989 e 1989-1990)

2x Campeão da Supercopa Europeia (1989 e 1990)

2x Campeão Intercontinental de Clubes (1989 e 1990)

1x Campeão do troféu Luigi Berlusconi (1992)

 

E ai, torcedor Bávaro? Animado para novamente ter um técnico grandioso como o Bayern?

Mais sobre o superestimado Guardiola AQUI

%d blogueiros gostam disto: