Rio 2016 – Definidos os representantes brasileiros do ciclismo de rua

O Brasil terá quatro representantes no ciclismo de estrada para os Jogos Olímpicos desse ano no Rio de Janeiro. De acordo com os critérios da UCI, o país já havia garantido duas vagas na prova masculina após o encerramento do ranking de nações da categoria no dia 31 de dezembro de 2015, e agora no último dia 31 de maio de 2016, prazo final para pontuação no ranking de nações feminino, confirmou mais duas vagas entre as mulheres.

De acordo com os critérios de convocação estabelecidos pela CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), que levam em consideração o ranking mundial e as características técnicas mais adequadas para o percurso da prova nos Jogos Olímpicos, garantiram presença para os Jogos de 2016 os ciclistas Murilo Fischer, Kleber Ramos, Clemilda Fernandes e Flávia Oliveira. Os suplentes são serão Caio Godoy e Janildes Fernandes. A equipe será comandada pelo técnico
Adir Romeo.

Os representantes
Murilo Fischer
Um dos principais destaques do Brasil na modalidade. Com experiência de mais de 10 anos no ciclismo profissional, o catarinense conquistou em 2015 a famosa “Tríplice Coroa do Ciclismo Mundial”, tornando-se o primeiro e único brasileiro a completar os três grandes Tours do Ciclismo de Estrada: Giro d’Itália, Tour de France e Volta da Espanha. Os Jogos do Rio de Janeiro serão a quinta Olimpíada do brasileiro na carreira.

Kleber Ramos
Mais conhecido como Bozó, foi o melhor brasileiro no evento-teste para a Rio2016, alcançando o 7º lugar, com uma performance muito boa principalmente nos trechos de subida. O paraibano tem se destacado muito nas últimas temporadas no circuito internacional e por isso está embalado para sua estreia em Jogos Olímpicos.

Flávia Oliveira
Atualmente a melhor brasileira no ranking mundial. Flávia faz parte do seleto grupo que integra o ciclismo feminino profissional e tem cumprido um extenso calendário internacional de provas, competindo entre as melhores ciclistas do mundo. A atleta também foi medalhista de bronze no último pan-americano da modalidade e disputará a sua primeira olimpíada.

Clemilda Fernandes
A experiente ciclista chega para a disputa de sua terceira olimpíada. Após competir várias temporadas no circuito europeu, a mato-grossense, que atualmente reside em Goiânia, é a atual campeã brasileira na modalidade e segunda melhor brasileira no ranking mundial.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: