HOSPÍCIO #70 – Um pouco mais dos novos reforços do Corinthians

Você que clicou no link pensando: “Esse cara do HTE Sports tá louco, o Corinthians não contratou ninguém”. Você está certo. O Corinthians não contratou ninguém (percebeu a imagem em destaque totalmente branca?). Não porque não precisava, não porque o elenco está completo e recheado de jogadores. Mas…mas por que mesmo?

hospício

Dinheiro não é problema. Mesmo com a Arena tendo de ser paga – que, ao contrário do que muitos dizem, não foi dada de presente pelo governo federal -, dinheiro não é problema. Ano passado, a bilheteria do clube cobriu 94% da parcela que o Corinthians paga da Arena anualmente. Esse ano, a média de público subiu de 31 para 33 mil, o que, na teoria, dará mais dinheiro para o clube que tem o preço do ingresso mais caro do Brasil. Sem contarmos isso, todas as vendas de jogadores que foram realizadas nos últimos 8 meses geraram um bom caixa. Mesmo subtraindo os gastos com os novos contratados (que não foram tão caros assim, no geral), deveria sobrar um bom dinheiro. Além, os altos salários que inflavam a folha salarial ano passado, já não existem mais. Nem mesmo o técnico ganha o mesmo do último, o que faz ter uma economia gigantesca anualmente.

Precisamos de um lateral-direito reserva. Precisamos de mais um zagueiro. Precisamos de um centroavante. E, agora, precisamos de um volante, já que a diretoria teve a brilhante ideia de emprestar Maycon para a Ponte Preta. Então, o problema também não é de um elenco recheado, que não precise de peças de reposição.

De “novo” mesmo, só Alexandre Pato. Que poderá ser chamado de reforço ou não de acordo com suas atuações daqui pra frente.

Mas o por que que a diretoria não contratou? A pergunta de 1 milhão de dólares é essa. Por que não soube para onde olhar? Por que não soube quem buscar? Pouco provável, até nós, eu e você, meros mortais, sabemos de pelo menos uma meia dúzia de jogadores bons e baratos que jogam em centros em emergência daqui da América Latina, a comissão técnica e diretores também sabem desses jogadores, certo?

É desesperador ver times de menor expressão se reforçando, tendo elenco. Esses mesmos times disputam o Brasileirão conosco, e alguns deles disputarão a Copa do Brasil. É preocupante pensar que um garoto da base fará sua estreia na lateral-direita diante de mais de 30 mil torcedores, em um jogo de Série A do campeonato brasileiro.

Agora é chorar o leite derramado. A janela internacional fechou. É tentar olhar pro nosso futebol e buscar alternativas inteligentes aqui mesmo. Buscar alternativas das quais ninguém dentro do Corinthians ainda buscou nesse ano, as inteligentes.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: