Rio 2016 – Convocadas as seleções de ginástica artística do Brasil

A CBG, Confederação Brasileira de Ginástica, anunciou nesta sexta-feira (8) as seleções de Ginástica Artística que irão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Pela primeira vez, o Brasil contará com as duas equipes completas em Olimpíadas.

No masculino, os convocados são Arthur Nory Mariano, Arthur Zanetti, Diego Hypolito, Francisco Barretto Júnior e Sérgio Sasaki. Caio Souza e Lucas Bitencourt são os reservas. Antes mesmo de embarcarem para o Rio de Janeiro, os ginastas já fizeram história, já que farão a estreia de uma equipe masculina completa em uma edição de Olimpíada.

Pelo feminino, as ginastas que vão aos Jogos Olímpicos são as mesmas que conquistaram o ouro por equipe no evento-teste, em abril. Daniele Hypolito, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane Oliveira e Rebeca Andrade (Carolyne Pedro como reserva) serão as representantes do Brasil e buscam superar a oitava colocação por equipe em Pequim/2008. No individual geral e por aparelhos, as ginastas do País já avançaram às finais, mas ainda não subiram ao pódio. Daniele e Jade já participaram de Olimpíadas.

As provas de ginástica artística nos Jogos Olímpicos serão de 6 a 16 de agosto, na Arena Olímpica do Rio, na Barra da Tijuca. No dia 6, serão as classificatórias do masculino. O Brasil faz parte da primeira subdivisão, que será das 10h30 às 13h, e inicia a disputa nas argolas. No dia 7, será a vez das meninas. Na terceira subdivisão, das 14h30 às 16h, as atletas começam na trave.

A ginástica é disputada nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição, em Atenas 1896. Durante trinta anos, apenas os homens competiram nas provas da ginástica artística. Em Los Angeles 1984 a ginástica rítmica – de disputa exclusivamente feminina – foi introduzida no calendário, e a ginástica de trampolim integra o programa desde os Jogos de Sydney 2000.

Em Londres, 2012, o Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro da modalidade, nas argolas, com Arthur Zanetti. Ele junto com Diego Hypolito e Jade Barbosa são as maiores esperanças de medalha nessa edição das Olimpíadas.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: