Vem de 5: Melhores contratações da janela internacional de transferências

A janela de transferências internacionais do Brasil foi fechada no dia 19 de julho. Com isso, apenas jogadores sem contrato no exterior ou que estejam no futebol nacional poderão movimentar as contratações dos clubes brasileiros. É hora de listarmos aquelas que foram as cinco melhores contratações da janela!

NICO LÓPEZ (Internacional)

Uruguaio Nico López foi destaque do Nacional-URU, na Libertadores 2016 (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)
Uruguaio Nico López foi destaque do Nacional-URU, na Libertadores 2016 (Foto: Eduardo Deconto/GloboEsporte.com)

O jovem atacante Nico López, de 23 anos, já pertencia à Udinense/ITA, mas estava atuando no Nacional/URU e foi um dos melhores jogadores da equipe uruguaia na Libertadores. Chegou ao Internacional com um contrato de 4 anos e muita expectativa.

BUFFARINI (São Paulo)

Buffarini chega ao São Paulo como um dos pedidos de Edgardo Bauza (Foto: Divulgação / San Lorenzo)
Buffarini chega ao São Paulo como um dos pedidos de Edgardo Bauza (Foto: Divulgação / San Lorenzo)

O experiente lateral de 27 anos foi um dos destaques no elenco do San Lorenzo campeão da Libertadores em 2014. Ele é também um dos queridinhos de Bauza e por isso chega ao São Paulo com moral.

RAFAEL SÓBIS (Cruzeiro)

Sóbis chega para ser referência no ataque cruzeirense (Foto: Divulgação / Cruzeiro)
Sóbis chega para ser referência no ataque cruzeirense (Foto: Divulgação / Cruzeiro)

O Cruzeiro não vive boa fase no Brasileirão e procurou se reforçar bem. A principal chegada foi a do atacante Rafael Sóbis, que estava no futebol mexicano, virando até mesmo ídolo por lá. Sem sobra de dúvidas, Sóbis pode ser o diferencial para que o Cruzeiro possa fazer mais do que brigar para não cair.

DIEGO (Flamengo)

Diego é o novo camisa 35 do Flamengo (Foto: Zona Esportiva)
Diego é o novo camisa 35 do Flamengo (Foto: Zona Esportiva)

O Flamengo batalhou e conseguiu no apagar das luzes anunciar a contratação do meia Diego, que estava no Fenerbahçe, da Turquia. Diego chega para qualificar o meio-campo do rubro-negro, que já conta com nomes como Alan Patrick e Mancuello.

COPETE (Santos)

Copete já se destaca no elenco do Santos (Foto: Divulgação / Santos FC)
Copete já se destaca no elenco do Santos (Foto: Divulgação / Santos FC)

Copete disputou a Libertadores 2016 pelo Atlético Nacional e, apesar de não ser titular absoluto, foi importante para o time colombiano. Chegou ao Santos disputando posição com Vitor Bueno, mas agora terá pelo menos um mês de titularidade, já que Gabigol está na Seleção Olímpica. No jogo contra o Vitória, pela 16ª rodada do Brasileirão, decidiu com gol e assistência.

MENÇÕES HONROSAS

Outros bons reforços chegaram ao Brasil nessa janela de transferências. O meia peruano Cueva e o atacante argentino Chávez (São Paulo), o zagueiro Kannemann (Grêmio), o lateral-direito Rafael Galhardo (Atlético/PR), o meia Cárdenas (Vitória), o meia Otero (Atlético/MG), o volante Denílson, o meia Rafinha e o atacante Ábila (Cruzeiro), o meia Camilo (Botafogo), o zagueiro Donatti (Flamengo), os meias Danilinho e Marquinho (Fluminense), o zagueiro Mina (Palmeiras), o atacante Kazim Richards (Coritiba) e o lateral-direito Apodi (Sport).

Heider Mota

Baiano, 19 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes. Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: