Como seriam as seleções da Iugoslávia e URSS atualmente?

Texto: Giovanni Spiassi

E se voltássemos a pensar nas grandes seleções da Iugoslávia e URSS que mostraram a sua força nos campos europeus do século passado? Como elas estariam agora?

Isso é só imaginação. Esse texto não tem tem a finalidade de discutir assuntos políticos e sociais. Apenas entretenimento.

União Soviética

O grande passado soviético no futebol já é caso para os livros de história. Campeã das Olimpíadas em duas oportunidades(1956 e 88), campeã europeia em 1960 e quarta colocada na Copa do Mundo de 1966, grande parte desse sucesso é culpa de jogadores como Oleg Blokhin e Lev Yashin.

A base da equipe soviética nos tempos atuais não seria diferente e dependeria muito das duas potências do bloco: Rússia e Ucrânia. Os outros países(Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Estônia, Geórgia, Quirguistão, Letônia, Lituânia, Moldávia, Tadjiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão) não teriam muitos representantes pelo fato de não serem potências no futebol e/ou não revelarem jogadores.

O XI inicial(4-3-3): Igor Akinfeev-RUS(CSKA Moscou), Bogdan Butko-UCR(Shakhtar Donetsk), Evgen Khacheridi-UCR(Dynamo de Kiev), Sergei Ignashevich-RUS(CSKA Moscou) e Dmitri Kombarov-RUS(Spartak Moscou); Taras Stepanenko-UCR(Shakhtar Donetsk) Ruslan Rotan-UCR(Sem clube) e Henrikh Mkhitaryan-ARM(Manchester United); Andriy Yarmolenko-UCR(Dynamo de Kiev), Yevghen Konoplyanka-UCR(Sevilla) e Artem Dzyuba-RUS(FC Zenit São Petersburgo)

Jogadores que poderiam ser lembrados:Alan Dzagoev-RUS (CSKA Moscou), Aleksandr Kokorin-RUS (FC Zenit São Petersburgo), Viktor Kovalenko-UCR(Shakhtar Donetsk), Oleksandr Zinchenko-UCR(Manchester City)…

Iugoslávia

Se o país tivesse se mantido até os dias de hoje, com certeza eles brigariam facilmente por títulos. A seleção teria um valor de mercado que bateria os 200 milhões de euros facilmente. Que timaço!!!

A base da seleção seria muito mais variada que a da URSS, usando muito mais os talentos eslavos disponíveis, deixando apenas a Macedônia de fora.

O XI inicial seria(4-3-1-2): Samir Handanovic-ESL(Internazionale), Darijo Srna-CRO(Shakhtar Donetsk), Branislav Ivanovic-SER(Chelsea), Dejan Lovren-CRO(Liverpool) e Aleksandr Kolarov-SER(Manchester City); Nemanja Matic-SER(Chelsea), Ivan Rakitic-CRO(Barcelona), Miralem Pjanic-BOS(Juventus) e Luka Modric-CRO(Real Madrid); Mario Mandzukic-CRO(Juventus) e Edin Dzeko-BOS(Roma)

As opções no banco fazem qualquer seleção tremer(de medo ou inveja): Jan Oblak-ESL(Atlético de Madrid), Asmir Begovic-BOS(Chelsea), Tim Jedvaj-CRO(Bayer Leverkusen), Sime Vrsaljko-CRO(Atlético de Madrid), Stefan Savic-MON(Atlético de Madrid), Ivan Perisic-CRO(Internazionale), Marko Pjaca-CRO(Juventus)…

Infelizmente, ver essas seleções em campo seria impossível. As duas seriam facilmente grandes seleções e com certeza estariam no TOP-10 da Ranking da FIFA.

 

%d blogueiros gostam disto: