MOSTRA TEU VALOR #15 – O ápice da loucura

Olá amigos e amigas rubro-negros e aqueles que apenas tiveram curiosidade em ler esse texto. Infelizmente preciso, no oitavo mês do ano, vir mais uma vez escrever indignado, revoltado e triste com o que está acontecendo com o Esporte Clube Vitória. Parece que os “homens” que administram o nosso futebol acham que o sentimento de milhões de torcedores é brincadeira, é algo raso.

No último domingo (15), o Vitória empatou em 2×2 com o Santa Cruz, décimo nono colocado na tabela de classificação do Brasileirão e segue com a grande façanha de não ter conseguido vencer nenhum dos cinco times que estão na parte de baixo da classificação (do 16º ao 20º). Além disso, o rubro-negro empatou pela quarta vez jogando em casa. Um time conhecido por ser tão forte em casa só conseguiu vencer quatro de 10 partidas em seu mando de campo. Difícil!

Mas, o que já estava ruim consegue piorar, sempre. Raimundo Viana, engrandecido por muitos por ter feito a sua obrigação (recolocar o rubro-negro baiano na Série A do Brasileirão) e também por uma declaração engraçadinha ali, outra aqui, resolveu abrir a boca mais uma vez e conceder entrevista, agora na Rádio Metrópole FM. Um show de horrores saiu dessa entrevista, que foi a minha motivação para escrever esse texto. Vamos analisar cada coisa dita pelo Mundico.

“Contratar e dispensar é uma constante. Eu lhe pergunto, qual a posição que estaríamos carente de uma bela contratação? Nâo tem”

Senhor Raimundo Viana, você está assistindo ao jogos do time que você diz presidir? Um time que em 38 jogos na temporada venceu 16, sendo que metade foi apenas pelo Campeonato Estadual, está bem? Um sistema defensivo que sofre 45 gols na temporada, sendo que 30 somente no Brasileirão, não precisa se reforçar? Pelo amor de Deus!

Fora isso, quantas vezes Mancini precisou improvisar pois lhe faltavam peças? No jogo contra o Santa Cruz, por exemplo, não tínhamos zagueiros no banco de reservas. Ramon e Kanu estavam jogando e Victor Ramos cumpria suspensão. Josué e Guilherme Mattis seguem fazendo hora extra no departamento médico.

E se Kieza sai, quem entra? Rafaelson? Dagoberto que em 20 jogos disputados conseguiu dar apenas uma assistência e seguir zerado no número de gols marcados? E Marinho, quem pode substituir ele? Você realmente acha que o Vitória não está carente de fazer belas contratações? Só posso acreditar que foi ironia, brincadeira ou esquecimento pela idade avançada que o senhor já se encontra.

“Se olhar no campeonato, não tem ninguém melhor do que a gente”

Até por isso o Vitória é apenas o 14º colocado, não é mesmo? Até por isso o Vitória venceu apenas cinco de 20 jogos, certo? Até por isso o Vitória tomou gol em 18 de 20 partidas, não é Mundico?

“A torcida do Vitória é exigente”

Claro que somos. Você acha que é fácil torcer para um time que não consegue ficar três anos seguidos na Série A? Que está sofrendo constante mente na Copa do Brasil? Que até mesmo no Campeonato Baiano se dá ao luxo de perder para times como Fluminense de Feira e Flamengo de Guanambi? Ou no ano passado, sendo eliminado pelo Colo Colo nas quartas de final? Você quer que a torcida seja passiva e não cobre, não reclame? Então você se encontra no posto mais errado possível. Se não quer ouvir exigências, faça como seu antecessor e peça para sair!

“Temos que ter a exata compreensão de que o nosso grupo não é um grupo fraco. Eu dou nota 8 para ele”

O que esse elenco tem para merecer nota 8? Quantos jogadores de alto nível nós temos? Chegamos ao ponto de nosso treinador olhar para o banco de reservas e ter como opções Amaral, Alípio, José Welison. Isso é um elenco nota 8? Não digo que nossos atletas deixam de ter raça, de buscarem fazer o melhor dentro de suas limitações, mas o presidente do clube não reconhecer que existem diversos problemas, carências e falta de qualidade é de deixar a torcida com muita raiva.

“Ninguém tem dois Kiezas e dois Marinhos no futebol brasileiro. Quem tem igual? Você vê que não tem igual”

Nem nós mesmos temos dois Kiezas e dois Marinhos, temos apenas um de cada. É óbvio que são dois atletas de muita qualidade, estão entre os principais jogadores do time, mas achar que apenas eles vão resolver é ser no mínimo burro (ou incompetente, ou palhaço). E essa mania de falar que outros times não têm jogadores iguais? Claro que não, que coisa babaca de falar! Esse é o nível do presidente de um time do tamanho do Esporte Clube Vitória? Extremamente lamentável!

Foto: Thiago Pereira / GloboEsporte.com


Você pode sugerir pautas, assuntos, deixar críticas e conversar comigo aqui no espaço dos comentários ou através do meu Twitter @heiderzito. Não deixe de acompanhar também o site Arena Rubro-Negra, maior portal dedicado exclusivamente à torcida do Leão da Barra e site que também faço parte.

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes.

Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: