Rio 2016 – Thiago Braz coloca seu nome na história e conquista o ouro olímpico

O dia 15 de agosto de 2016 foi histórico para o esporte brasileiro. No Engenhão acontecia a competiçao do Salto com Vara masculino e a atuação do brasileiro Thiago Braz começou a chamar a atenção de quem lá estava presente e também de quem estava acompanhando pela televisão.

Thiago tinha dois adversários muito complicados: o francês Renaud Lavillenie, que estava imbatível e, talvez aquele que seja o pior inimigo de todos nós: si próprio. No entanto, o apoio da torcida brasileira e muita força de vontade foram suficientes para que o brasileiro fizesse história e conquistasse a primeira medalha de ouro do Brasil no Salto com Vara.

Thiago Braz

Além da conquista histórica do ouro, Thiago Braz também bateu o recorde olímpico, saltando a 6,03m. Renaud não passou dos 5,98m e ficou com a prata. Já o bronze foi Sam Kendrics, dos Estados Unidos, com a marca de 5,85m.

Derrotado e vaiado, o francês Renaud Lavillenie foi muito infeliz em dois momentos: reclamar da torcida brasileira e comparar com a postura dos alemães nazistas nas Olimpíadas de 1936. “Em 1936 a multidão estava contra Jesse Owens. Não vimos isso desde então. Temos que lidar com isso. nfelizmente, vemos esse tipo de torcida no futebol e isso não é legal. Não estamos acostumados com isso. As Olimpíadas são valores, respeito, fair play e o público mostrou o contrário. É uma vergonha para o Rio”, disse. O francês também não cumprimentou o brasileiro ao término da prova.

Thiago Braz colocou seu nome na história dos Jogos Olímpicos e com certeza essa noite de segunda-feira ficará viva na memória do povo brasileiro. Parabéns, Thiago. Você foi gigante!

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes. Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: