2 Minute Warning NFL – lesões, WR/QB, chocolate e muito mais!

Enfermaria

A enfermaria antes da semana 3 da NFL é de fazer os torcedores chorarem. Em Minnesota, Adrian Peterson é o motivo: ele irá fazer uma cirurgia de menisco e fica fora por tempo indeterminado. Em New England, o choro é menor, mas não menos importante: Jimmy Garoppolo, com lesão no ombro esquerdo, fica fora de combate diante dos Texans. Nos Bears, Cutler fica de fora com uma entorse no polegar direito. Brian Hoyer deve ser o titular contra os Cowboys. Nesse caso, o choro deve ser pelo conjunto da obra na posição…

Recebedor e lançador

O WR Julian Edelman, dos Patriots, pode viver a curiosa situação de jogar como quarterback na NFL. Ele que jogou na posição durante o colégio e na faculdade, foi draftado pelos Patriots e virou um dos melhores recebedores da liga. Com a suspensão de Brady e a lesão de Garoppolo, o rookie Jacoby Brisset será o titular diante dos Texans. Mas numa emergência, Edelman deve tentar repetir o sucesso do melhor passe da sua carreira na NFL: Um TD de 51 jardas para Danny Amendola nos playoffs de 2014 contra os Ravens.

Guess who’s back?

Falando nos Ravens, a equipe apresenta uma estatística curiosa: o veterano recebedor Mike Wallace, que começou a carreira no rival Steelers, é o único jogador que anotou touchdowns para a equipe nessa temporada (3). Ele é o único jogador da NFL que domina os TD’s de sua equipe nessa temporada. Parece despontar o vencedor do prêmio de “Comeback of the year”…

Doce aposentadoria para Lynch

Muito se fala de jogadores da NFL que depois de aposentados, gastam toda a sua grana com farras, carrões e drogas, ficando na miséria rapidamente. O running back, agora aposentado, Marshall Lynch resolveu fazer dinheiro com outra coisa que gosta: chocolates. Fã de skittles, o jogador lançou nesta semana, em parceria com uma fabrica de Seatlle, a sua marca de chocolates. Nome do docinho? Beastmode chocolate.

A “Ilha” está movimentada

Depois de uma discussão com o jogador do Cleveland Cavaliers J.R. Smith via redes sociais, o cornerback Darrelle Revis continua com a língua afiada. O jogador vem sendo criticado pelas atuações apagadas nos 2 primeiros jogos dos Jets e resolveu colocar a boca no trombone contra os seus ex-agentes, que foram demitidos por ele na última offseason. Revis declarou em coletiva que foram os agentes que trabalhavam com ele que passaram informações privilegiadas para uma coluna que falava sobre a sua dificuldade de voltar ao peso ideal. Ele esclareceu que não conseguiu treinar direito devido a lesões. Perguntado se achava que a fonte do artigo foram os seus ex-agentes, ele não deixou dúvida: “Sim, sem dúvidas. Definitivamente.”

Protestos em Charlotte

A morte de um jovem negro baleado por um policial abriu uma escalada de protestos violentos em Charlote, na Carolina do Sul. O jogo entre Panthers e Vikings, marcado para o próximo domingo, foi confirmado e nas coletivas de imprensa, os jogadores e comissão técnica dos Panthers convocaram os torcedores para apoiar o time e disseram confiar nas autoridades para resolver o conflito. A guarda nacional americana está em Charlotte para ajudar na situação.

%d blogueiros gostam disto: