Análise Champions League 2016/17 – Grupo D

Dando continuidade à análise dos grupos da Champions League, o grupo D conta com dois fortes candidatos ao título, e que prometem briga boa pela primeira posição, Bayern e Atlético de Madrid, PSV e o russo Rostov. Esse grupo é mais um que não deve ter surpresas devido ao nível dos elencos dos alemães e espanhóis.

Confira também as análises do Grupo A, do Grupo B e do Grupo C!

BAYERN DE MUNIQUE

O campeão alemão (pela quarta vez consecutiva) é um dos principais candidatos ao título, que é sempre objetivo principal do clube. Campeão pela última vez na temporada 12/13 com o alemão Heynckes, o Bayern não esteve nas últimas 3 finais da competição pelo comando de Guardiola, que rumou ao Manchester City. A responsabilidade agora é de quem sabe ganhar uma Champions, Carlo Ancelotti.

Ancelotti terá um plantel recheado de bons jogadores que permaneceram no elenco para conseguir bater o Atlético de Madrid, que eliminou os bávaros na semi em 15/16, e ser o primeiro colocado do grupo. O time de Munique se desfez dos encostados Gotze (Borussia Dortmund) e Benatia (Juventus) na janela e conta com as chegadas de Renato Sanches e Hummels.

Time-base: Neuer, Lahm, Hummels, Boateng e Alaba; Xabi, Thiago, Vidal; Ribery (Douglas Costa), Muller e Lewandowski.

Ancelotti é campeão com Milan (2) e Real Madrid
Ancelotti é campeão com Milan (2) e Real Madrid

ATLÉTICO DE MADRID

O atual vice-campeão da Champions garantiu a vaga pela 3ª colocação no campeonato espanhol, vem para mais uma jornada também como um dos favoritos à competição, não deve ter dificuldades para avançar de fase e fará frente ao Bayern pela primeira posição. O Atleti ainda não tem o título da competição e teve outro recente vice na temporada 13/14.

A equipe de Madrid é muito bem armada por Diego Simeone, que permaneceu no comando depois das investidas da seleção argentina. Sem perder nenhum titular da temporada passada, o argentino deve manter um time de defesa bem sólida e mortal no contra-ataque. Sem ter muito pra gastar, Simeone é muito precavido com suas pedidas e a chegada de Gameiro para fechar parceira com Griezmann pode ser de muito valor para o ataque. Outros bons negócios na janela foram Gaitán e o lateral-esquerdo Vrsalijko, vindos de Benfica e Sassuolo.

Time-base: Oblak; Juanfran, Savic, Godín e Filipe Luis; Gabi, Augusto Fernández, Koke, Saúl; Griezmann e Gameiro.

Griezmann é uma das referências do time de Simeone
Griezmann é uma das referências do time de Simeone

PSV

Obtendo a vaga direta pelo título de campeão holandês, o PSV é a terceira força do grupo, mas não teve sorte no sorteio e terá muito trabalho para fazer frente às duas primeiras forças e conquistar uma vaga para a próxima fase.

Os neerlandeses mais perderam bons jogadores do que trouxeram, como Bruma e Van Ginkel. As principais vindas foram Zinchenko, revelação ucraniana comprada pelo Manchester City e que chega emprestado, e Siem de Jong, também por empréstimo, cedido pelo Newcastle. A base do elenco foi mantida, e Phillip Cocu, há 3 anos no cargo de treinador e ídolo do clube, pode ser um diferencial.

Time-base: Zoet; Arias, Isimat-Mirin, Moreno e Willems; Hendrix, Propper e Guardado; Narsingh, Locadia e Luuk de Jong.

PSV é o atual campeão holandês
PSV é o atual campeão holandês

ROSTOV

Conseguindo a vaga pela 2ª colocação no campeonato russo, deixando o Zenit de fora, o time da cidade de Rostov-na-Donu segue surpreendendo na Europa. Com apenas um título importante em sua história, a Copa da Rússia em 2013/14,  os russos até o momento vêm muito bem na competição. Em duas fases dos play-offs, o Rostov tirou os tradicionais europeus Anderlecht, por 4 a 2 no agregado, e Ajax, por 5 a 2 no agregrado, sem perder uma partida.

Na janela de verão, a equipe russa não se reforçou a nível pra competição, talvez até por uma folha salarial reduzida, trazendo a maioria dos atletas livres, como o ex-Dnipro Papa Gueye e ainda perdeu um dos principais jogadores para a Lazio, o angolano Bastos. As principais referências da equipe são o equatoriano Noboa e o ex-Zenit, Bukharov. Com dois times candidatos a título em seu grupo, a boa fase do Rostov deve acabar por aqui.

Time-base: Dzhanaev; Kireev, Papa Gueye, César Navas, Terentjev e Bayramyan; Noboa, Kalachev e Erokhin; Azmoun(Poloz) e Bukharov.

Rostov eliminou Anderlecht e Ajax nos play-offs
Rostov eliminou Anderlecht e Ajax nos play-offs

TABELA DO GRUPO

13/09 – Bayern x Rostov
13/09 – PSV x Atlético de Madrid

28/09 – Atlético de Madrid x Bayern
28/09 – Rostov x PSV

19/10 – Rostov x Atlético de Madrid
19/10 – Bayern x PSV

01/11 – Atlético de Madrid x Rostov
01/11 – PSV x Bayern

23/11 – Rostov x Bayern
23/11 – Atlético de Madrid x PSV

06/12 – Bayern x Atlético de Madrid
06/12 – PSV x Rostov

PALPITE

  1. Bayern – 15
  2. Atlético de Madrid – 13
  3. PSV– 4
  4. Rostov – 3

Veja também os outros grupos: Grupo A | Grupo B | Grupo C | Grupo E | Grupo F | Grupo G | Grupo H

Igor Paulinelly

20 anos, estudante de engenharia e natural de Currais Novos/RN. São-paulino e amante do futebol desde Brasil vs Costa Rica às 3 da manhã em 2002. Social: @igorpaulinelly

%d blogueiros gostam disto: