HOSPÍCIO #79 – O adeus a Cristóvão e o que esperar de Carille

Derrota no clássico, mas, após do jogo, a maior parte da torcida corinthiana se sentiu aliviada. Roberto de Andrade anunciou a saída de Cristóvão Borges, técnico que nunca foi unanimidade no Corinthians. E, além disso, anunciou também que Fábio Carille assumirá o time até o final da temporada. Os corinthianos ficaram com o questionamento: será que vai adiantar?

hospício

Fábio Carille foi auxiliar de Mano Menezes, em sua primeira passagem, no Corinthians. Assumiu interinamente o time em 2 jogos em 2010 e outros 2 em 2016. Com Mano, Carille foi “espião” da Seleção brasileira em 2011, analisando outras equipes, a pedido do treinador. Nos dois jogos em 2010, perdeu de 2×0 para o Vasco, em São Januário, e empatou com o Guarani, também fora de casa, em 0x0, com dois gols de Ronaldo Fenômeno anulados. Já nos dois jogos desse ano, perdeu de 1×0 para o Fluminense em Brasília, e conquistou sua primeira vitória, em casa, contra o Botafogo: 3×1.

Fato curioso é que Carille enfrentará mais duas vezes o Fluminense, time que enfrentou e perdeu nesse ano. Joga na Copa do Brasil com um resultado favorável (1×1 no primeiro jogo, fora de casa) e no Brasileirão, no final de semana.

O retrospecto do técnico é de 4 jogos, 2 derrotas, 1 empate e 1 vitória, com 4 gols contra e 3 pró. Resta-nos aguardar e apoiar Carille nesse momento um tanto quanto delicado do Corinthians no ano. Se montar um padrão de jogo para o time, colocar as peças que a torcida tanto quer e fazer os resultados afim de chegarmos ao G4, já será um grande feito. Estamos com você, Carille. Isso se, realmente, assumir até o final do ano, porque nessa diretoria não se pode botar a mão no fogo.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: