Rodada UCL #2 – Rodada de quase zebras na Champions League

Por: Lucas Tinôco (Twitter: @lucastinocof)

A segunda rodada da Liga dos Campeões teve 45 gols (5 a menos do que na rodada anterior) nas 16 partidas jogadas. Jogos em que se esperavam equilíbrio, teve equilíbrio. Já os em que se imaginavam desequilíbrio, por muito pouco não vimos algumas zebras.

Grupo A

No grupo em que os favoritos estão bem definidos, os mesmos não fizeram feio. O Arsenal recebeu o Basel em sua casa para tentar a primeira vitória na competição. A equipe de Wenger não deu mole e ainda no primeiro tempo matou o jogo com dois gols de Walcott (e duas assistências de Sanchez). Uma exibição boa em todos os níveis e uma vitória pra ninguém botar defeito.

O outro jogo do grupo foi entre Ludogorets e PSG lá na Bulgária. Claro, os franceses eram considerados favoritos, ganhou o jogo com autoridade mas passou um susto…. Logo aos 15 minutos o brasileiro Natanael, lateral-esquerdo que jogou no Atlético-PR, abriu o placar para os donos da casa. A partir daí o PSG pressionou mas só conseguiu o empate no final do primeiro tempo. Porém, a segunda etapa foi diferente, e nos primeiros 15 minutos da etapa final Cavani marcou dois gols com ajudas de Di Maria e Lucas, e fechou o placar bem cedo.

PSG lidera por conta do número de gols marcados, seguido por Arsenal – ambos com 4 pontos -, Ludogorets e Basel (1 ponto cada).

Cavani marcou dois gols na vitória do PSG por 1-3 (Foto: globoesporte)
Cavani marcou dois gols na vitória do PSG por 1-3 (Foto: globoesporte)

Grupo B

Jogos “diretos” movimentaram o Grupo B. Diretos? Sim. Besiktas e Dynamo de Kiev lutam, na teoria, pela vaga na UEFA Europa League e empataram em 1-1 com gols de Quaresma e Tsygankov. O outro jogo direto – também na teoria -, mas dessa vez pelo primeiro lugar na tabela.

Mesmo sendo esperado equilíbrio entre Napoli e Benfica, o que aconteceu em campo foi diferente. E é por isso que a teoria nem sempre serve. Com gols de Hamsik (que se tornou o jogador com mais partidas jogadas em UCL com a camisa no Napoli, passando Inler), Mertens 2x e Milik, a equipe italiana abriu 4-0 no placar e mandava na partida. Após diminuir um pouco o ritmo, Gonçalo Guedes e Salvio diminuíram para a equipe da capital portuguesa.

No momento os Napolitanos lideram com 6 pontos, seguido por Besiktas com 2 pontos, Dynamo de Kiev e Benfica, ambos com um único ponto.

Grupo C

O Manchester City viajou para Escócia para enfrentar o Celtic do já conhecido Brendan Rodgers que foi nocauteado pelo Barcelona na rodada passada. Favoritos a vitória e com muito mais time, os Citizens sofreram bastante e acabaram CONSEGUINDO um empate no Celtic Park. Aos 3 minutos Dembele abriu o placar para os escoceses. Fernandinho, aos 11′, empatou. Na sequência Sterling fez contra e depois empatou o jogo novamente. Na segunda etapa Dembele fez com estilo o seu segundo gol no jogo e terceiro da equipe aos 47′. Nolito, oito minutos depois empatou. E terminou assim: Celtic 3-3 Manchester City. Uma zebra? Acredito que sim.

No outro jogo do grupo, disputado entre Borussia Monchengladbach e Barcelona, e quase mais uma zebrinha aconteceu. Jogando no Borussia-Park, na Alemanha, Thorgan Hazard, o irmão menos famoso (e melhor, para muitos) abriu o placar após passe da jovem estrela Mahmoud Dahoud. Demorou muito para o Barça conseguir o empate, que veio após belo passe do Neymar para Arda Turan colocar para o fundo das redes. Aos 74′, Piqué, num lance esquisito, virou o jogo pros catalães.

O Barça agora é líder isolado com 6 pontos, seguido por Manchester City com 4, Celtic com 1 e M’gladbach com 0.

Dembele marcou 2 no empate do Celtic com o Man City por 3-3 (Foto: globoesporte)
Dembele marcou 2 no empate do Celtic com o Man City por 3-3 (Foto: globoesporte)

Grupo D

No Grupo D mais uma zebra. Essa mais leve, mas sim, foi uma zebra. O Rostov, que disputa a UCL pela primeira vez, quase saiu com a vitória em cima do PSV e conseguiu marcar dois gols na forte defesa da equipe holandesa. Poloz marcou os dois gols da equipe russa enquanto Propper e Luuk de Jong fizeram os do PSV.

No outro jogo do grupo, esse muito esperado, Atletico de Madrid e Bayern de Munique se enfrentaram no Vicente Calderón. Atendendo às expectativas, o jogo foi muito equilibrado e, graças a Carrasco, não saiu com o placar em branco. Apesar do 1-0, a equipe comandada por Diego Simeone teve duas grandes chances desperdiçadas por Torres, que livre cabeceou na trave e Griezmann, que bateu um pênalti no travessão.

Agora o Atletico lidera com 6 pontos, seguido pelo Bayern com 3 e PSV e Rostov com 1 pontinho.

Carrasco marcou o gol da vitória do Atletico de Madrid sobre o Bayern (Foto: globoesporte)
Carrasco marcou o gol da vitória do Atletico de Madrid sobre o Bayern (Foto: globoesporte)

Grupo E

Considerado um dos grupos mais equilibrados da temporada, o grupo E teve uma vitória apertada e um empate. Em Moscou, o CSKA recebeu o Tottenham e perdeu por 0-1 com gol de Son para os Spurs. No outro jogo do grupo Mônaco e Leverkusen empataram em 1-1 no Stade Louis II. Chicharito abriu o placar para os alemães e Glik, no finalzinho do jogo, empatou para os franceses.

O Mônaco lidera o grupo com 4 pontos, o Tottenham vem logo atrás com 3, seguido por Leverkusen com 2 e CSKA com 1.

Grupo F

O Grupo F teve um dos jogos mais esperados da rodada. Borussia Dortmund e Real Madrid voltaram a se encontrar na competição após um ano e meio no velho Westfalen. O jogo foi muito bom, e com leve domínio dos donos da casa. Quem abriu o placar foi CR7 que, aos 17′, recebeu passe de Bale e fez o primeiro gol da partida. No fim da primeira etapa Aubameyang empatou para os alemães. Na etapa final Varane fez o segundo dos madridistas e Schurrle, aos 87′, empatou o jogo para a festa da muralha amarela que encheu, como sempre, o Signal Iduna Park.

O outro jogo do grupo foi entre Sporting, que deu uma trabalhão ao Real Madrid na primeira rodada, e Legia Varsóvia. Com gols de Bryan Ruiz e Bas Dost, ainda no primeiro tempo, os portugueses venceram os poloneses no José Alvalade e conquistou os primeiros três pontos na temporada.

Borussia e Real Madrid têm 4 pontos. Os alemães lideram pelo saldo de gol, os espanhóis vêm em segundo, o Sporting é o 3º com 3 pontos e o Legia não tem nenhum pontinho e em quarto.

Momento do gol de Schurrle, o de empate contra o Real Madrid (Foto: globoesporte)
Momento do gol de Schurrle, o de empate contra o Real Madrid (Foto: globoesporte)

Grupo G

O Grupo G teve o aguardado duelo entre o Leicester e o adversário mais difícil do grupo. Com gol solitário marcado pelo já conhecido da torcida portuguesa Islam Slimani após receber passe de Mahrez, ou seja, gol com assinatura argelina, os atuais campeões ingleses venceram o Porto e se isolaram na liderança do grupo.

Na outra partida o Copenhagen passou o trator por cima do Club Brugge e venceu por 4-0, gols de Denswil (contra), Delaney, Federico e Jorgensen.

O Leicester lidera com 6 pontos, o Copenhagen vem em segundo com 4 pontos, seguido por Porto com 1 ponto e Club Brugge com 0.

Grupo H

A Juve foi até a Croácia enfrentar o Dínamo Zagreb e saiu de lá com uma belíssima vitória. Com gols de Pjanic, Higuain, Dybala e Semper (contra) após cobrança de falta de Daniel Alves, que jogou muito na partida e foi o melhor em campo, a Velha Senhora não deu nenhuma chance aos donos da casa.

A outra partida do grupo foi mais equilibrada. Sevilla e Lyon se enfrentaram na Espanha e os donos da casa conseguiram a vitória com gol de Yedder, aos 53 minutos. Luciano Vietto ainda perdeu um pênalti para a equipe espanhola.

O Grupo H tem a Juventus liderando com 4 pontos, seguidos pelo Sevilla que também tem 4 (perde pelo saldo de gol), em terceiro vem o Lyon com 3 pontos e o Dínamo Zagreb é o quarto com nenhum ponto.

Juve goleou o Dínamo Zagreb por 0-4 na Croácia (Foto: globoesporte)
Juve goleou o Dínamo Zagreb por 0-4 na Croácia (Foto: globoesporte)

A Champions League só volta agora nos dias 18 e 19 de Outubro e você vai ficar sabendo de tudo aqui no HTE Sports e no twitter com o @HTE__Sports.

 

 

Lucas Tinoco

21 anos, baiano e aspirante a jornalista esportivo. Fanático por esportes em geral, principalmente futebol. Adepto das ligas europeias e do futebol alternativo. Líder do Editorial de Futebol Internacional do HTE Sports.

%d blogueiros gostam disto: