Aguayo do inferno ao céu: Vitória de Tampa Bay no MNF

       No encerramento da semana cinco da NFL, o Tampa Bay Buccaneers enfrentou o Carolina Panthers em pleno Monday Night Football. Após uma partida marcada por inconsistências de ambas as equipes, o jogo foi decidido nos segundos finais com a conversão de field goal do kicker dos Buccaneers, Roberto Aguayo. Este que acertou 3-5 em FG tentados, errando chutes de 33 e 46 jardas. Vitória dos Buccaneers por 17-14 sobre o Carolina Panthers fora de casa.

      O confronto foi marcado por desfalques, os Panthers não contavam com sua grande estrela e atual MVP da liga, o quarterback Cam Newton que se machucou na última partida. O reserva Derek Anderson assumiu as rédeas do ataque de Carolina. Enquanto isso pelo outro lado, o jogo terrestre de Tampa Bay estava fortemente comprometido, o titular Doug Martin continua fora de combate e bola (fora) da vez foi o running back Charles Sims, ameaça tanto no jogo corrido quanto recebendo passes, também contundido.

      O quarterback segundanista dos Buccaneers, Jameis Winston, se preocupava em não cometer turnovers, o jovem já tinha oito interceptações na temporada. Vivendo talvez seu momento de maior pressão por boas atuações desde que entrou na NFL, Winston conseguiu proteger a bola e conduziu sua equipe a uma importante vitória fora de casa. O improvável e preocupante destaque da partida foi o kicker de Tampa Bay, Roberto Aguayo. O jogador vem demonstrando inconsistência durante sua temporada de estréia na liga, contando com a partida de hoje, o rookie acumula 4 FG errados em 5 partidas, números preocupantes para uma escolha de 2ª rodada. Ironicamente, a vitória veio dos pés de Roberto Aguayo, o kicker acertou um chute de 38 jardas nos segundos finais da partida sacramentando a vitória de sua equipe.

    Apesar de não contar com seu principal jogador, o Carolina Panthers fez valer o mando de casa e  pressionou o adversário durante quase toda a partida. Aproveitando a cautela de Jameis Winston em passes longos, a defesa dificultou o trabalho do quarterback adversário. Um bom desempenho defensivo que poderia ter tido maior destaque se não fosse a atuação do quarterback reserva Derek Anderson, o jogador teve duas interceptações, uma no momento crucial do jogo em plena red zone. Nem mesmo o TE Greg Olsen conseguiu conduzir a equipe a vitória, a principal arma ofensiva da equipe teve 9 recepções para 181 jardas, incríveis 20.1 jardas por recepção.

    Com o recorde negativo de 1-4, Carolina se encontra em uma situação delicada e a vaga na pós-temporada parece fortemente ameaçada. Será que o Super Cam poderá salvar a temporada dos Panthers? Trocadilhos à parte, o time enfrenta o New Orleans Saints fora de casa no próximo domingo. Já Tampa Bay entrará em Bye Week e terá uma semana de treinos para arrumar as coisas da casa, seu recorde de 2-3 requer no mínimo um pouco de atenção.

Mateus Maia

Estudante de jornalismo da UFOP e fanático pelo mundo dos esportes. Tudo na vida é certeiro, menos o chute de 27 jardas do Blair Walsh

%d blogueiros gostam disto: