Guangzhou pode ser campeão chinês pela sexta vez na próxima rodada

Restando 4 rodadas para o final da Super Liga chinesa, o Guangzhou Evergrande pode levar o título já na próxima rodada. O time que conta com os brasileiros Paulinho, Ricardo Goulart, Alan e Felipão e o colombiano Jackson Martinez, que custou 42 milhões de euros aos cofres chineses, tem um bom retrospecto com 17 vitórias em 26 jogos, e apenas 3 derrotas.

Revelado pelo Fluminense, Alan chegou ao clube em 2015, mas ficou fora o ano todo por lesão. Atualmente tem 11 gols pela equipe na competição. Paulinho e Ricardo Goulart também chegaram na mesma janela de inverno do ano passado e são os que se mais fazem presente na escalação da equipe, peças fundamentais no esquema de Felipão. Goulart foi o melhor jogador da competição na temporada passada e deve levar o prêmio nessa também, não só por ser artilheiro da competição com 15 gols e 7 assistências, mas pelas boas atuações que vem fazendo nos dois anos de clube – não surpreenderia uma vaga na seleção.

chi-2
Ricardo Goulart e Alan são os artilheiros da equipe na temporada (Foto: @osports

Atual campeão da Liga do Campeões da Ásia e com eliminação frustrada já na fase de grupos esse ano, o Guangzhou tem 57 pontos na competição e torce pela seguinte combinação: vencer o próximo jogo e torcer pela derrota do Jiangsu Suning, dos brasileiros Ramires, Jô e Alex Teixeira, que tem 50 pontos, para se consagrar campeão chinês pela sexta vez consecutiva – não havia ganhado nenhuma vez antes do clube receber seus primeiros investimentos em 2011.

Por conta das datas FIFA, o campeonato chinês volta no dia 15. O adversário Guangzhou será o Ever Bright, 15º colocado e candidato ao rebaixamento. O Jiangsu pega o Shanghai SIPG, dos brasileiros Elkeson e Hulk, e a derrota pode custar o título. O campeonato chinês é exibido no Brasil pelo canal Band Sports, da Rede Bandeirantes de Televisão.

Igor Paulinelly

20 anos, estudante de engenharia e natural de Currais Novos/RN. São-paulino e amante do futebol desde Brasil vs Costa Rica às 3 da manhã em 2002. Social: @igorpaulinelly

%d blogueiros gostam disto: