Vôlei – Semana do Mundial de Clubes

Essa semana teremos os mundiais de clubes de vôlei, feminino e masculino. As duas competições iniciam na terça-feira (18/10) sendo o feminino disputado nas Filipinas, enquanto o masculino terá como sede a cidade de Betim, em Minas Gerais. A fórmula de disputa das duas competições são iguais: Dois grupos com 4 equipes. Classificam-se os dois primeiros para as semi-finais e daí para grande final.

Feminino

O Brasil será representado pelo Rexona/Sesc do Rio de Janeiro. Comandadas pelo técnico Bernardinho, as cariocas não tem mais em seu elenco a craque da seleção brasileira Natália, mas não deixa de ter um time forte. A grande jogadora da equipe é a ponta Gabi (foto ao lado), presente na seleção campeã do Grand Prix nesse ano e que caiu para as campeãs chinesas nas quartas de final dos Jogos Olímpicos. Gabi deve ser uma das referências desse novo ciclo olímpico e deve assumir o protagonismo da equipe do Rexona/Sesc. Também no elenco a levantadora Roberta, que ficou na disputa até o último instante com Fabíola por uma vaga no grupo que foi aos Jogos Olímpicos, a americana e também levantadora Courtney Thompson, a central Juciely e a grande líbero Fabi, um dos maiores nomes da geração bi-campeã olímpica em Pequim/2008 e Londres/2012.

As maiores adversárias das brasileiras serão as equipes turcas. O Eczacibasi Vitra investiu pesado para a temporada e têm no elenco a central brasileira Thaísa, a ponta russa Kosheleva e a levantadora sérvia Ognjenovic. A outra equipe turca na competição é o  VakifBank, que conta com a oposta brasileira Sheila em seu elenco. O Eczacibasi é o principal candidato ao título nessa edição da competição:

Grupo A: PSL Manila (Filipinas), Rexona/Sesc(Brasil), Eczacibasi Vitra (Turquia) e Pomi Casalmaggiore (Itália)

Grupo B: Bangkok Glass (Tailândia), samitsu Springs (Japão), VakifBank (Turquia) e Voléro Zurich (Suiça)

Estréia brasileira: Rexona/Sesc x Manila, 18/10, 10h.

Transmissão: Sportv

Masculino

Atual campeão mundial e tri-campeão da Superliga, o Sada/Cruzeiro defenderá seu título em Betim. O outro representante brasileiro é o também mineiro Minas Tênis Clube. Principal força do voleibol nacional nos últimos anos, o Sada/Cruzeiro têm no elenco dessa temporada o levantador campeão olímpico no Rio de Janeiro William (foto ao lado), o também campeão olímpico Evandro (oposto) e o cubano/brasileiro ponta Leon como principais destaques. Já o Minas aposta na renovação e destaca o levantador Carísio, de apenas 20 anos, como sua principal aposta.

O principal adversário dos brasileiros serão os italianos do Trentino e os russos do Zenit. Na equipe italiana, destaque para o levantador vice-campeão olímpico Simone Giannelli, que jogou muito no Rio de Janeiro e mostrou que será um dos maiores nomes da modalidade nos próximos anos, com sua inteligente distribuição de jogo. No Zenit destaque para o ponta americano Matthew Anderson e o central russo Aleksandr Aleksandrovich Volkov.

Grupo A: Sada Cruzeiro (Brasil), Taichung Bank (China Taipé), Tala’ea El-Gaish (Egito) e Zenit Kazan (Rússia)

Grupo B: Minas Tênis Clube (Brasil), Personal/Bolívar (Argentina), Trentino (Itália) e UPCN/San Juan (Argentina)

Estreias brasileiras: Minas Tênis Clube x UPCN/San Juan, 18/10, 16:30. Sada Cruzeiro x Taichung Bank, 18/10, 19h.

Transmissão: Canais ESPN.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: