Grêmio e Galo empatam os jogos da volta e irão disputar a taça

Texto: Bianca Ramos

Nessa quarta-feira (2), aconteceram os jogos de volta da semifinal da Copa do Brasil 2016. O Grêmio segurou o resultado do primeiro jogo e vai disputar o título contra o Atlético-MG, que empatou em 2 a 2 com o Internacional no Horto. O time mineiro venceu o primeiro jogo por 2 x 1.

EMPATE COM GOSTO DE VITÓRIA

gremio

Grêmio 0 x 0 Cruzeiro

A arena do Grêmio contou com mais de 50 mil pessoas para acompanhar a partida entre Grêmio x Cruzeiro. O time mineiro começou com mais chances, como  uma bola na trave de Ariel Cabral, mas o time gaúcho conseguiu conter o ânimo cruzeirense e segurar o resultado.

Na segunda etapa, o Cruzeiro sofreu com a pressão do tempo. Vendo o relógio avançar, não conseguia criar grandes oportunidades, muito disso porque o Grêmio conseguiu neutralizar os ataques e tocar a bola, administrando o placar conquistado no jogo de ida em Minas Gerais e garantindo a vaga na final.

Bola cheia: Kannemann, zagueiro do Grêmio, que fez uma excelente partida como um todo.

Bola Murcha: O técnico Mano Menezes, do Cruzeiro, por não ter escalado um time ofensivo, deixando Ábila e Rafael Sóbis no banco grande parte da partida.

FOI POR POUCO!

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL 02.11.2016 Atlético x Internacional no Independência - Copa do Brasil 2016 - foto: Bruno Cantini / Atlético
foto: Bruno Cantini / Atlético

Atlético – MG 2 x 2 Internacional

Se no jogo de ida o time mineiro mostrou sua força como visitante, nessa quarta-feira (2) os comandados de Marcelo Oliveira tiveram que correr atrás do placar duas vezes, empataram em 2 a 2 contra o Internacional no Horto e garantiram a vaga para a grande final da Copa do Brasil 2016.

O colorado abriu o placar aos 26 minutos com Aylon, após jogada de Valdívia e passe de Anderson. Ainda na primeira etapa, o Galo conseguiu o empate com Robinho, após passe de Lucas Pratto, aos 47.

O empate daria tranquilidade para o Atlético, mas não foi o que aconteceu. Aos 49 minutos, o goleiro Victor falhou ao dominar a bola recuada e Anderson não perdoou, virando o jogo para o Internacional.

Devolvida a vantagem do jogo de ida, o time gaúcho precisava de mais um gol para se classificar. Mas no segundo tempo, o Atlético empatou o jogo com Lucas Pratto, após passe de Robinho e decretou a classificação mineira para a decisão.

Bola cheia: Lucas Pratto, do Atlético-MG, que fez um belo gol e deu uma assistência para o outro.

Bola murcha: Victor, também do Galo, pela falha que resultou no gol da virada do Internacional.

%d blogueiros gostam disto: