HOSPÍCIO #86 – Caminho oposto: vem, China

Final de 2015 e começo de 2016. Se tinha um país que todo corinthiano não queria nem ouvir falar, nem em jogo de Stop (adedonha, para alguns) esse país era a China. Muitos jogadores de suma importância no título brasileiro saíram, e o time se enfraqueceu. Porém, ao final de 2016, o caminho vem sendo o oposto. De 2 dos 3 reforços confirmados para 2017, vêm da China.

hospício

Jô e, agora, Wagner, meia canhoto que tem como característica armar o jogo e ter um bom chute de meia distância, vieram da China. Um do Jiangsu Suning e o outro do Tianjin Teda, respectivamente. O caminho oposto ao que aconteceu no começo do ano. Talvez, esses e outros jogadores já tenham cumprido seu objetivo principal, que era ganhar muito dinheiro, e agora estão voltando para jogar um futebol de maior nível.

Os jogos dirão à torcida se esses jogadores foram ou não soluções. Num primeiro momento, não parecem ser, e essa expectativa não recai sobre eles. O ponto positivo é que ambos são jogadores experientes, que podem contribuir para o elenco, principalmente se estiverem motivados dentro do clube.

Thiago Cunha Martins

Paulistano, alvinegro, co-fundador e Diretor-geral do HTE Sports. Jornalismo por paixão, Psicologia por vocação. Adorador do futebol e tudo o que o rodeia. Fã curioso da NFL, UFC e eventual seguidor de outros esportes

%d blogueiros gostam disto: