HTE Sobre Rodas #21 – O merecido título de Rosberg

Foto: El País

Ao encerrar o GP de Abu Dhabi na segunda colocação, Nico Rosberg entrou para o hall dos grandes campeões mundiais de Fórmula 1. Aos 31 anos, o alemão sagrou-se campeão do mundial de pilotos pela primeira vez em sua carreira, coroando uma temporada vitoriosa. Sim, vitoriosa. De 21 corridas, Rosberg venceu 9. Menos que Hamilton, verdade, mas a sua regularidade em todo o ano fez com que o título não pudesse estar em melhores mãos.

Com o título em 2016, Nico Rosberg se elevou na categoria. O piloto da Mercedes mostrou que há muito tempo deixou de ser um garoto e agora é um homem, um dos grandes da história da Fórmula 1. Nas palavras de Frank Williams, Nico Rosberg é o piloto que mais evoluiu na Fórmula 1 atual.

Rosberg iniciou a temporada embalando quatro vitórias seguidas, somadas as três corridas finais do ano anterior, chegando a sete seguidas e mostrando a que vinha no ano. No entanto, se envolveu em incidente com Hamilton no GP da Espanha e ambos não completaram a prova. Alí começou o pior momento dele na temporada, ficando em 7º em Monaco e em 5º no Canadá, enquanto seu companheiro venceu esses GPs. A partir daí, a regularidade de Rosberg foi enorme. Ele chegou em 12 pódios, venceu cinco vezes e confirmou o título.

SOUBE CONTROLAR O EMOCIONAL

O incidente com Hamilton na Espanha opôs em cheque o emocional dos pilotos da Mercedes. E nesse quesito, Rosberg se mostrou superior. Soube controlar o carro nos momentos finais da temporada e, mesmo vendo Hamilton vencer as últimas quatro corridas, soube ter a paciência necessária para guiar rumo ao título.

O QUE ESPERAR?

Para 2017, tudo está em aberto. Mas é fato que Hamilton e Rosberg estarão mais uma vez na briga. Quem se dará melhor? Nos resta apenas aguardar!

Heider Mota

Baiano, 21 anos, estudante de jornalismo e amante dos esportes.

Twitter: @heiderzito

%d blogueiros gostam disto: