CLUBE DA FÉ #92 – O sucesso da base precisa refletir no profissional

Ontem, 18/12, a base tricolor conquistou mais um título. Na decisão dos pênaltis após empate em 2 a 2 no tempo normal, o time sub-18 do São Paulo bateu o sub-20 do Botafogo (campeão brasileiro da categoria) e levou para a casa a conquista da Copa Internacional Ipiranga, ou simplesmente, Copa RS. Soma-se a isso a Libertadores sub-20, o Paulista e a Copa do Brasil da mesma categoria, temos um ano vencedor na base.

Quando falamos de futebol de base, conquista de campeonato não é o mais importante, mas é um indicativo de que, pelo menos em alguns setores, há qualidade para suprir o time principal. Num momento em que o dinheiro para aquisição de reforços é escasso (E não esqueça que o São Paulo investiu nas contratações de Maicon e Cueva nesse ano) a subida de jogadores do sub-20 para o profissional é essencial.

Dentre os nomes que se destacaram na base nesse ano, além de Lucas Fernandes e David Neres, que já subiram, podemos pensar em Lucas Kal, zagueiro que mostrou-se bem técnico e ótimo posicionamento, Éder Militão, zagueiro/volante de boa estatura e saída de bola (como quer Ceni para a próxima temporada) e Shaylon, meia central de grande qualidade no passe e na finalização. No sub-18 ainda tem Marquinhos Cipriano, ponta esquerda de muita habilidade e velocidade.

Mas algumas situações ainda precisam ser acertadas. O meia Shaylon e o lateral Junior, dois que estão entre os nomes “certos” para integrar o elenco que disputará o Paulista o ano que vem, tem contratos de empréstimos vencendo em janeiro e o São Paulo precisará desembolsar R$ 500 mil por cada um para Chapecoense (Shaylon) e Grêmio (Junior) para tê-los em definitivo. Investimento que, pela temporada disputada pelos dois, parece ser muito válido.

Michael Beale, novo auxiliar técnico do São Paulo e que comandava o sub-23 do Liverpool, estava de olho ontem na final e certamente terá olhos para a molecada de Cotia. Nós, torcedores, esperaremos que essa safra tenha no profissional o mesmo sucesso que tiveram na base.

Marcelo Tadeu Parpinelli

Um cara que gosta de opinar sobre tudo, principalmente daquilo que não conhece e não entende. Aspirante a filósofo nas horas vagas.

%d blogueiros gostam disto: